Principal / Uncategorized / Terremoto no Japão afetou até o campo gravitacional da Terra

Terremoto no Japão afetou até o campo gravitacional da Terra

Imagens de satélite confirmam que a crosta está mais fina nas proximidades do arquipélago.

 

(Fonte da imagem: Reuters)
O terremoto devastador que causou uma série de catástrofes no Japão já foi superado, mas consequências do ocorrido ainda estão surgindo, mesmo sete meses depois. A partir de um medidor chamado Gravity Recovery and Climate Experiment (GRACE), um grupo de cientistas constatou que o tremor foi forte o bastante para mexer com a gravidade do planeta.
A conclusão foi que o Tohoku-Oki, como foi batizado o terremoto, reduziu a gravidade na área próxima ao epicentro em cerca de dois milionésimos de um gal (medida científica em cm/s² usada para descrever campos gravitacionais). É um número relativamente baixo, mas que impressionou os cientistas da área.
Isso significa que a crosta terrestre por ali ficou levemente mais fina – e que não só a superfície da região foi alterada, mas também o subterrâneo. O GRACE já havia detectado mudanças similares após outros terremotos, como no tremor que atingiu o Chile em 2010. A ideia agora é identificar como será a recuperação desse campo gravitacional, realizando medidas no local com maior frequência.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Macron avisa que anunciará seu próprio plano de paz se Trump demorar

Emmanuel Macron e Donald Trump. (Foto: Getty Images) Se o presidente dos EUA, Donald Trump, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.