Principal / A PIRÂMIDE DO APOCALIPSE / OS NEPHILIM E A PIRÂMIDE DO APOCALIPSE: O PORTÃO ESTELAR – Parte 7

OS NEPHILIM E A PIRÂMIDE DO APOCALIPSE: O PORTÃO ESTELAR – Parte 7

Applibot,Inc:

7

O PORTÃO ESTELAR

A Grande Pirâmide de Gizé, os templos do Egito e os grandes monumentos do México, do Peru e do Camboja têm todos, uma coisa em comum: são alinhados com as estrelas. De onde seus construtores receberam essa informação astronômica? E por que seus arquitetos estavam aparentemente obcecados pelos corpos celestes e suas posições? É crença geral que os antigos egípcios e outras culturas possuíam tal conhecimento e construíram esses grandes monumentos. Mas sugerir que a tecnologia e o conhecimento matemático mais a capacidade física para construir esses edifícios saíram da cabeça de pessoas simples que viviam em algum lugar do deserto está além da lógica e das probabilidades. Dar crédito a tal idéia seria o mesmo que convencer-se de que se você der uma chave de fenda a um chimpanzé ele seria capaz de construir um aparelho de televisão. Contudo, essas estruturas antigas parecem ter simplesmente surgido do nada numa época em que o homem supostamente encontrava-se em algum ponto entre a idade da pedra e a idade do ferro. A maioria dos estudiosos afirma que a Grande Pirâmide foi construída por Khufu, conhecido pelos gregos como Quéops. Mas se ela foi construída durante o reino de Khufu, que abarcou 23 anos e utilizou dois milhões de blocos, o término do trabalho exigiria que a cada cinco minutos um bloco fosse assentado no lugar. Referimo-nos superficialmente às relações cósmicas dos homens chamados de “agentes” ou “mensageiros” nos antigos textos hebraicos, a quem chamamos de “anjos”. Examinemos agora mais atentamente muitas das Escrituras que se referem aos astros e seu relacionamento com esses homens-espírito. Já vimos que na Versão Autorizada da Bíblia do Rei James, Isaías 14:12 é assim traduzido:

 12  Como você caiu dos céus, ó estrela da manhã, filho da alvorada! Como foi atirado à terra, você, que derrubava as nações!

Percebemos aqui uma clara conexão entre essa pessoa de quem se fala (Lúcifer) e a estrela da manhã, Vênus. É a estrela brilhante que pode ser vista no leste ao amanhecer quando as outras estrelas já desapareceram do céu. Assim, esse ser leva o nome da estrela da manhã e está relacionado com ela. A distinção aparece novamente em Jó 38:4-7, onde todos os seres celestes estão emparelhados com estrelas:

 4  Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento.
 5  Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel?
 6  Sobre que estão fundadas as suas bases ou quem lhe assentou a pedra angular,
 7  quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus?

Na Nova Versão Internacional da Bíblia a última expressão “…filhos de Deus?” é traduzida por: “os anjos?” Mais uma vez vemos que esses “filhos de Deus” são os anjos e são chamados de “estrelas”. Isso está demonstrado em muitos lugares em todo o texto das Escrituras. No Apocalipse, por exemplo, somos informados de que quando Satã foi expulso do Céu, levou consigo um terço das “estrelas”.

 3  Viu-se, também, outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas.
 4  A sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, as quais lançou para a terra; e o dragão se deteve em frente da mulher que estava para dar à luz, a fim de lhe devorar o filho quando nascesse.

Apocalipse 12:3, 4

Se houver dúvida quanto à identidade do dragão e das estrelas, o versículo 7 nos esclarece: Houve então uma batalha no Céu: Miguel e os seus anjos guerrearam contra o dragão. O dragão batalhou, juntamente com seus anjos, mas foi derrotado. E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama Diabo ou Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a Terra e, com ele, os seus anjos. Apocalipse 12:7, 9 Isso nos leva a perceber gradualmente que quando a “estrela da manhã”, aquele superlativamente sublime ser sobrenatural, decidiu rebelar-se, convenceu um terço das outras estrelas do céu a juntar-se a ele. Assim, um terço dos “filhos de Deus”, criados homens espírito, tomaram uma decisão eterna e irrevogável: juntar-se a Lúcifer em sua tentativa de usurpar o trono de Iahweh. Mas o golpe fracassou e eles foram expulsos do Céu. E, em consequência, esses outrora santos servos de Iahweh tornaram-se diabólicamente hostis a Ele. No primeiro capítulo do Apocalipse temos uma descrição do Filho do Homem, visto ali com sete
estrelas em sua mão direita. Mais à frente, no versículo 20, lemos: As sete estrelas são os anjos das sete igrejas. O capítulo 9 do mesmo livro fala-nos de outra “estrela” em ação: O quinto anjo tocou a trombeta e vi uma estrela caída do céu na Terra: e foi-lhe [isto é, a essa “estrela”, “anjo”] dada a chave do poço do abismo. Ela abriu o poço do abismo… Apocalipse 9:1, 2 Devido ao fato de serem espíritos, podem ficar invisíveis. Pois não é possível vermos seres sobrenaturais a menos que assumam forma e substância, o que realmente acontece em muitas passagens das Escrituras. Porém, o fato de não podermos vê-los não significa que não existam. Pelo que foi dito acima, é evidente que os “filhos de Deus” originais foram criados antes da fundação do mundo. Fica claro, também, que essas entidades foram partícipes da criação do universo, pois lemos que, ao término da construção do mundo, as “estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os ‘filhos de Deus'”, Jó 38:7. Aparentemente, esses “filhos de Deus” estão relacionados com as estrelas reais, pois são chamados de “estrelas” e Lúcifer significa “estrela da manhã”. Talvez cada um dos anjos tenha
uma estrela e seja assim chamado uma vez que Iahweh numerou as estrelas e lhes deu nomes: Ele conta o número das estrelas, e chama cada uma pelo nome. Salm o 147:4 Já demonstramos a existência de um elo muito claro entre as estrelas e os homens-espírito chamados anjos. Mas por que a obsessão pelas constelações do Zodíaco? Para descobrir por que essas figuras astronômicas aparecem em tantos dos monumentos e templos antigos, temos que voltar ainda uma vez aos mais antigos textos hebraicos e juntar as informações que conseguirmos sobre as estrelas. Segredos Profanos:

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

OS NEPHILIM E A PIRÂMIDE DO APOCALIPSE: TESTEMUNHA DAS ESTRELAS – Parte 8

Moisés escreveu os cinco primeiros livros do Antigo Testamento, conhecidos como Pentateuco, por volta de …

6 Comentários

  1. Eu gostei muito desse estudo,mas qdo sairá a continuacao?

  2. IGREJA DA ERA DIGITAL SE EXPANDE, CRIA APLICATIVOS E ENRIQUECE NA ÁFRICA
    http://edition.cnn.com/2016/05/17/africa/asoriba-church-app-ghana/index.html

    “E ao anjo da igreja de Laodiceia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
    Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
    Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
    Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
    Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.
    Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.
    Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
    Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.
    Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”
    Apocalipse 3:14-22

  3. Graças a Deus por sua vida irmão……….

  4. Olá Apocalink. Gostaria de fazer uma observação crítica sobre este versículo que você postou:

    "Ele os fez erigir uma imagem da Besta (Anticristo), que foi ferida à espada e, contudo, voltou à vida.
    E foi-lhe concedido dar fôlego à imagem da primeira Besta, para que não só a imagem falasse, como ainda fizesse morrer quantos não adorassem a imagem da besta."

    Isso me lembra aquele episódio da Liga da Justiça, onde alguns membros da Liga tem que lutar contra clones robóticos do Superman (Lorde da Justiça) no futuro alternativo onde estiveram…

    A primeira coisa que me veio a mente sobre dar folego a uma imagem, que é ferida e depois volta a vida, me lembra coisa de robô (a imagem não morre quando é ferida, é capaz de falar e pode ser usada para vários fins segundo seu criador). Considere minha crítica como algo que colabore com o seu trabalho de trazer a luz, os mistérios do Apocalipse.

    ATT Pholuxros

  5. Mais uma maravilha de postagem!
    Tenho, aprendido muito.
    já ouvi pregações em que diziam que o 666 é a perfeição da imperfeição, vendo a postagem creio que faz sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *