Principal / Uncategorized / Fonte da juventude: cientistas já conseguem rejuvenescer um rato

Fonte da juventude: cientistas já conseguem rejuvenescer um rato

Beleza eterna: realidade ou ficção?
Um trabalho publicado na última edição da revista Nature pode ser a porta de entrada para que os cientistas descubram uma verdadeira fonte da juventude para os seres humanos. Segundo a publicação, os pesquisadores conseguiram diminuir as rugas, tonificar a musculatura e reverter uma catarata de um rato.
Para isso, o grupo atuou diretamente nas células senescentes, que foram retiradas e impedidas de se multiplicar. O estudo tinha como finalidade agir nas células para prevenir tumores, mas como consequência gerou outra descoberta importante.
O sistema imunológico age em nossas células senescentes naturalmente, eliminando muitas delas ao longo dos anos, mas não consegue vencer todas. Cerca de 10% das células do corpo humano são dessa espécie.
Apesar das modificações positivas conseguidas com o rato, o roedor não teve a sua vida prolongada. Ou seja: embora exista a possibilidade de se ter uma aparência melhor e melhores condições de vida isso não significa, necessariamente, viver por mais tempo

Fonte: http://www.tecmundo.com.br

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

5 Comentários

  1. brunno hilario moura …. jesus cristo nao existe do jeito que é vendido … CRISTO é uma consciencia ou estado de consciencia … VOCE TAMBEM PODE EXPERIMENTAR ESSA CONSCIENCIA . só tome muito cuidado, muitas pessoas acabam "stigmatizadas" por esse processo. Na minha opiniao "stigmatismo" é uma programaçao cerebral criada para nos desviar da consciencia de cristo quando atingida . DIGO TUDO ISSO POR EXPERIENCIA PROPRIA .

    "O CONHECIMENTO LIBERTA , A IGNORANCIA ESCRAVIZA"

  2. SOMOS POEIRA NO VENTO EM VIDA CARNAL !!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *