Principal / SÉRIE O MODERNO GUIA SOBRE ANJOS E DEMÔNIOS / Série o moderno guia sobre anjos caídos e demônios: Introdução

Série o moderno guia sobre anjos caídos e demônios: Introdução

Quando Deus criou os anjos?

No começo …. ~ 5516 aC Deus criou tudo em 6 dias de  24 horas cada. No primeiro dia Deus criou os céus, que incluía todo o seu exército. Todos os anjos foram criados no primeiro dia, quando Deus “criou os céus”. Gen 1:1-5:
 
 “No princípio criou Deus os céus e a terra. Agora a terra era sem forma e vazia, havia trevas sobre a face do abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas. E Deus disse: “Haja luz” e houve luz. Deus viu que a luz era boa, e Ele separou a luz das trevas. Deus chamou “dia”, luz e às trevas chamou “noite”. E foi a tarde e houve manhã, o primeiro dia. “  
 
Em nenhum lugar nos é dito os detalhes da criação dos anjos, os filhos de Deus, ou as estrelas da manhã , ou qualquer termo que seja usado para se referir ao exército do céu. Sabemos que eles são o exército do céu, e como tal, faz sentido pensar que eles foram criados juntamente com o céu. Primeiro Deus criou o céu, e a terra em seguida, que é a ordem contada em Gênesis. Esse entendimento de que os anjos foram criados junto com os céus se reflete no trabalho de Deus descrito em Jó 38: 4-7 [Deus diz a Jó]:
 
 “Onde você estava quando eu fundava a terra? Diga-me, se você entender. Quem marcou os limites das suas dimensões? Certamente você sabe! Quem estendeu uma linha de medição através dele? Sobre o que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra angular, enquanto as estrelas da manhã cantavam juntas e todos os anjos rejubilavam? ” 
 
 Isso mostra que todos os anjos estavam presentes antes da fundação da Terra , assim, quando Deus “criou o céus “. Entre quando Deus “criou os céus” e “criou a Terra” está quando todas as estrelas da manhã cantaram juntas e todos os anjos gritavam de alegria. E Satanás e os outros anjos caídos estavam entre os cantores e Gritadores. Algumas pessoas pensam que os anjos foram criados em uma extensão do tempo entre Gênesis 1:1 e Gênesis 1:2, porque parecia que a terra havia sido inundada e destruída antes,  coberta com água. No entanto, a “terra” que Deus fez foi originalmente feita de água, e não de terra. A água era a composição original da Terra, como a palavra para “profundo” em hebraico, “thowm” (8415), sig. águas profundas. Isto esta  apoiado por 2 Pedro 3:3-7:
 
 “Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências,E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio,Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.” 
 
Aqui nós vemos o entendimento que Pedro tinha a 2000 anos atrás, que a terra foi formada da água e por água. Originalmente, a terra era a água. Quando Gênesis diz que havia trevas sobre a face do abismo (das águas) é porque originalmente a terra era água, quando foi feita, sem forma e vazia. Na verdade, Deus não fez a terra seca até o terceiro dia:
 
 E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi . Gen 01:09 .
 
Quando Deus fez o céu e a Terra, o prazo previsto para o mundo, o planeta Terra, que originalmente era feita de água. O mesmo termo para a Terra como em Gn 1:1 é usado na obra em Jó 26:7 , o que confirma o uso do termo:
 
 “O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada.” 
 
 E assim o mundo não foi inundado em Gn 1:2, mas sim Deus originalmente fez o planeta Terra sem água no primeiro dia, e acrescentou  terra no dia 3. Porque os anjos cantavam de alegria quando Deus lançou os fundamentos da Terra, e a fundação era de água, podemos saber que os anjos foram criados quando Deus criou os céus, no primeiro dia. Sabemos que a criação de todos os anjos  foi fconcretizada pelo final do dia 6:
 
 “E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.Gênesis 1:31.  
Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados.Gênesis 2:1″ 
 
 Os anjos são muitas vezes chamados de “hostes do céu” em toda a Bíblia, e foram feitos antes do final do sexto dia. Sabemos também que os anjos estavam todos até o final do dia 6, e até então ainda não tinham pecado ou caído, porque Deus declara que “Deus viu tudo quanto fizera, e que era muito bom.”
Quem é o” exército do céu”?
A primeira referência que a Bíblia usa descrevendo seres angélicais é o “céu … e todo o exército deles”. Os tempos bíblicos muitas referem-se ao “exército do céu” como uma referência para todos os seres angélicais que Deus criou.
Os nomes bíblicos dos 3 tipos de anjos em específico, dando descrições de vários deles. Há os querubins, serafins, e os anjos mensageiros.
 Querubins :

“Estes são os seres viventes que vi debaixo do Deus de Israel, junto ao rio Quebar, e conheci que eram querubins.Cada um tinha quatro rostos e cada um quatro asas, e a semelhança de mãos de homem debaixo das suas asas.E cada um tinha quatro rostos; o rosto do primeiro era rosto de querubim, e o rosto do segundo, rosto de homem, e do terceiro era rosto de leão, e do quarto, rosto de águia.”

Ezequiel 10:14, Ezequiel 10:20-21 .

“E os seus pés eram pés direitos; e as plantas dos seus pés como a planta do pé de uma bezerra, e luziam como a cor de cobre polido.E tinham mãos de homem debaixo das suas asas, aos quatro lados; e assim todos quatro tinham seus rostos e suas asas.Uniam-se as suas asas uma à outra; não se viravam quando andavam, e cada qual andava continuamente em frente.”

Ezequiel 1:7-9.

”Assim eram os seus rostos. As suas asas estavam estendidas por cima; cada qual tinha duas asas juntas uma a outra, e duas cobriam os corpos deles.E cada qual andava para adiante de si; para onde o espírito havia de ir, iam; não se viravam quando andavam.E, quanto à semelhança dos seres viventes, o seu aspecto era como ardentes brasas de fogo, com uma aparência de lâmpadas; o fogo subia e descia por entre os seres viventes, e o fogo resplandecia, e do fogo saíam relâmpagos;”

Ezequiel 1:11-13

                                     SERAFIM

    SERAFIM 

     

 
                                  
                                        
“No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.Isaías 6:1-3. “E havia diante do trono como que um mar de vidro, semelhante ao cristal. E no meio do trono, e ao redor do trono, quatro animais cheios de olhos, por diante e por detrás.E o primeiro animal era semelhante a um leão, e o segundo animal semelhante a um bezerro, e tinha o terceiro animal o rosto como de homem, e o quarto animal era semelhante a uma águia voando.E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. Apocalipse 4:6-8 “

                                      

 
ANJOS MENSAGEIROS
 
 
                                   
Anjos  Mensageiros são os tipos mais comuns mencionados na Bíblia. No Antigo Testamento, que são geralmente referidos pela palavra “mal’ak” e no Novo Testamento com a palavra “aggelos”, tanto que significa “mensageiro”. Este tipo de anjo, invariavelmente, é descrito como tendo aparência humana , às vezes brilhando com a luz ou fogo. Eles são conhecidos por sua descrição do trabalho, em muitos casos. Em Daniel 4 um anjo mensageiro é chamado  3 vezes como um “observador, um santo”, que entregou uma mensagem em um sonho. Eles são sempre descritos para se parecerem como os homens, e nunca são descritos que tenham asas ou sejam mulheres.
A Bíblia usa termos para descrever todos os pares “hostes celestes” em Jó 38:7 a: 
 
 “Quando as estrelas da manhã cantaram juntas, e todos os filhos de Deus rejubilavam?” 
 
 Dois termos são usados ​​aqui, que parecem referir-se a todo o “exército dos céus”. Um dos  termos é “estrelas da manhã”,  referências das mais prováveis ​​para o exército do céu por estarem presentes na primeira manhã do primeiro dia da criação (Gen 1:1-5, Jó 38:7). Satanás é referido como uma “estrela da manhã” em Isaías 14:12 e como um dos querubins em Ezequiel 28:14. E por isso faz sentido que as “estrelas da manhã” pode se referir à querubins e serafins que parecem ser bastante semelhantes.
O “filho de Deus” é usada em Dan 3:25 intercambiável com o “anjo” prazo (mensageiro) em Dan 3:28, e assim o termo “filhos de Deus” provavelmente se refere ao tipo de mensageiro dos anjos que parecem homens.
Por que Deus fez os anjos e para o que eles servem? Tudo foi criado para agradar a Deus (Ap 4:11). Os anjos são descritos principalmente por várias coisas que eles fazem. Os serafins ficam ao redor do trono de Deus e o adoram.
 
 “E os quatro animais tinham, cada um de por si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir.Apocalipse 4:8. ” 
 
Às vezes, o Senhor é dito cavalgar sobre os querubins:
 E montou um querubim, e voou: sim, ele fez voar sobre as asas do vento. Salmos 18:10 
 E subiu sobre um querubim, e voou, e foi visto sobre as asas do vento. 2 Sam 22:11 
 E os anjos mensageiros têm o propósito que seu nome implica, que é servir como mensageiros de Deus. Anjos Mensageiros  comunicam por sonhos e visões, e também às vezes parecem surgir fisicamente e se comunicam mais diretamente face a face. (Gen 19, Gen 31:11, Dan 10, muitos lugares).
 A palavra “hoste” tem o significado de um exército. Anjos destruíram Sodoma (Gn 19), estavam envolvidos na queda do muro de Jericó (Josué 5,6), incitam as pessoas (1 Ch 21), batalham contra os anjos caídos ( Dan. 10, Apoc. 12) e desempenharam um papel importante na batalha final visto em Apocalipse.
Anjos também parecem ter um papel protetor sobre as pessoas, mantendo o olho nelas e prevenindo-as de danos muitas vezes.
 
”Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus.”
Mat 18:10
 
 

”Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.”

1 Coríntios 11:10  ”Pois ele dará seus anjos ordens a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas mãos [suas], para que não tropeces com o teu pé em pedra. ”Salmo 91:11-12

 E é aí que a idéia de um anjo da guarda parece surgir , embora pareça que o tipo de anjo mensageiro (também chamado de observador,guardião) é o tipo de anjo que exerça essa tarefa.

Por que existem anjos caídos? Deus deu livre arbítrio anjos, assim como Deus dá às pessoas o livre arbítrio. Eles podem optar por amar a Deus ou escolher não obedecer a Deus ou ao sim ao pecado. Deus criou todos os anjos para serem bons. Com o tempo, alguns escolheram o pecado e se rebelaram contra Deus, e ao fazer isso eles se tornaram malignos ou caídos. Deus é bom, e a vontade de Deus é boa. O mal existe por causa da recusa em fazer a vontade de Deus. Da mesma forma que a escuridão é a ausência de luz, o mal é a ausência do bem, e Deus é bom.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Série o moderno guia sobre anjos caídos e demônios: Resumo das Atividades dos demônios e anjos caídos nos dias atuais (Capítulo 6)

 14  São espíritos de demônios que realizam sinais milagrosos; eles vão aos reis de todo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *