Principal / Uncategorized / Curiosidade: Musas capa da Playboy, hoje são cristãs

Curiosidade: Musas capa da Playboy, hoje são cristãs

Essas mulheres conquistaram fama e reconhecimento como símbolo sexual no Brasil. No auge de suas carreiras como cantoras, modelo e apresentadoras todas foram capa da Playboy, uma das revistas masculinas mais famosas do mundo. Atualmente o que elas tem em comum é JESUS. Convertidas ao evangelho, casadas, mães de família, elas dizem que se arrependem de terem posado nua e que não repetiriam o trabalho.

Sônia Lima, posou para a revista por duas vezes, uma em 1987 e outra em 1991. Hoje, cristã evangélica se arrepende de ter posado nua e diz que não aceitaria esse tipo de trabalho novamente. Sônia é casa com Wagner Montes, que também se tornou cristão, e é um dos mais famosos apresentadores de telejornal no Brasil.
Mara Maravilha foi uma grande apresentadora infantil e posou para a playboy no início da década de 1990. Hoje casada, Mara é cantora Gospel e também se arrepende de ter posado nua: “Não existe pecadinho ou pecadão. Pecado é pecado. Eu fiz e o que ‘tá’ feito não dá para apagar. Não faria de novo, foi negativo para mim” diz.

Em 1993 foi a vez de Monique Evans se render às cobiçadas lentes da Playboy. Ela ainda se dedica a programas de TV e diz que não se preocupa tanto com a beleza e com a idade. Indagada sobre a possibilidade de posar nua novamente, Monique garante que não: “De jeito nenhum! Agora eu sou evangélica”.
Em 1995 a dançarina Carla Perez, estourou no Brasil inteiro junto com o grupo de axé Gerasamba, que posterioremente veio a se chamar É o Tchan.  Tamanho sucesso rendeu a ela as capas de 1995, 1998, 2000 e 2001. Carla se casou com o cantor de axé Xandy, do grupo Harmonia do samba e ambos se converteram ao cristianismo. Carla também se diz arrependida de ter posado nua: “Depois que me tornei uma mulher de Deus, me arrependi de muita coisa que fiz. Na verdade, me arrependo por não ter a consciência cristã antes. Me arrependo, por exemplo, de ter posado para a ‘Playboy’”.

 Joana Prado figurou nos sonhos de muitos marmanjos, com a sua personagem Feiticeira, no programa H, na TV Bandeirantes. Casou-se com o lutador de vale tudo Victor Belfort, evangélico e se converteu ao cristianismo. “Com certeza. Para mim é Jesus em primeiro lugar, minha família em segundo e o trabalho em terceiro, sem dúvida. Até brinquei com uma pessoa que trabalha na Playboy: olha, você nem vem me sondando, porque para a ‘Playboy’ eu digo nunca, diz Joana.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

4 Comentários

  1. Sinceramente não acredito nessas conversões, todas elas só se tornaram cristãs depois que diminuirão seus sucessos e também quando a idade chegou e junto com a beleza. E para completar o dindim quem sabe um disco gospel né

  2. Concordo com o anonimo Monique evans essa hahaha,mas infelizmente hoje o mundo jás do maligno, hoje em dia ser cristão é um "status", as pessoas não sabem que ser cristão e ser imitador de Cristo ou seguidor, se colocassem os crestões de hoje perto dos do seculo passado não pareceria nem um pouco com eles, é claro que temos Jhon Knox,Paul Washer e outros!!!

  3. Com todo respeito as pessoas citadas acimas pois realmente pode ser que a maioria realmente seja temente a Deus>porem ta de brincadeira citar Monique Evans nesta lista ai pois esta mulher não tem nada de Evangélica.Que isto onde Monique Evans e exemplo para alguem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *