Agenda Satânica de Hollywood : Condicionando as Massas Para a Aceitação Da Farsa Extraterrestre(pt-3)

Segundo conta a história em julho de 1959 o Papa João XXIII disse que teve um contato imediato de terceiro grau em um dos seus passeios pelos jardins de Castel Gandolfo. Qual é a relação entre o Vaticano, Hollywood e o fenômeno UFO? Vejamos na terceira e última parte da farsa extraterrestre e o porque desta nova  nuvem de filosofia religiosa juntamente com a análise do filme de 2009 do Pressagio, que é um bom exemplo de programação preditiva do salvador Alien da Nova Era; é, acreditamos, parte de um preâmbulo muito maior de propaganda em preparação para a vinda da Grande Ilusão, que vamos delinear no final deste Artigo

 
 
Durante os últimos anos não tem havido nenhum tema tão mencionado pela Igreja Católica Romana como  os alienígenas e sua reconciliação com a fé cristã. Muitas de suas conclusões surpreenderam até mesmo a maioria dos estudiosos católicos, que não pensaram duas vezes em aplaudirem estas modernas revelações “científicas” a cargo da cúria romana. Personagens como Monsenhor Corrado Balducci ou o jesuíta , e diretor do Observatório do Vaticano, José Gabriel Funes, em entrevista ao jornal Lobservatorie Romano em 2008, afirmou que Deus pôde ter criado vida inteligente em outras partes do universo e inclusive poderiam ser nossos irmãos, declarações que em questão de minutos deram a volta ao mundo, têm comentado sobre esse tabu filosófico só para quebrarem dogmas e abrirem a possibilidade de que nós não estamos sozinhos no universo. Por outro lado, quando se conhece os verdadeiros objetivos por trás do trono de São Pedro, encontramos seus interesses em linha com o que já foi mencionado na Parte I e Parte II deste complexo artigo, uma programação preditiva, que sugere um cenário próximo e em grande escala. A seguir, apenas alguns dos muitos ‘profetas’ que prepararam  a vinda do falso messias cósmico .
 
 
O ”Bom” Papa
Uma dos relatos que mais têm repercutido na questão UFO / Vaticano, incluem o “Papa bom” ou o “Papa da bondade“. João XXIII,  em uma de suas caminhadas junto com seu assistente. Este último deu uma entrevista em 2005, onde assegurou que o Papa teve contato com um ser de outro planeta. E isso aaconteceu uma noite em julho de 1961, quando João XXIII estava passeando com o citado secretário, nos jardins de Castel Gandolfo, a casa de verão do papado. Disse o assistente:

“Era de forma oval e tinha luzes intermitentes azuis e âmbar. A nave pareceu sobrevoar nossas cabeças, depois aterrou sobre a grama no lado sul do jardim. Um estranho ser saiu da nave; parecia um humano a exceção de que estava rodeado de uma luz dourada e tinha orelhas alongadas. Sua Santidade e eu nos ajoelhamos. Não sabíamos o que estávamos vendo. Mas soubemos que não era deste mundo, portanto devia ser um acontecimento celestial. O Santo Padre levantou-se e caminhou para o ser. Os dois ficaram juntos de 15 a 20 minutos, pareciam falar intensamente. Eles não me chamaram, de modo que permaneci onde estava e não pude ouvir nada do que falaram. O ser deu a volta e caminhou para sua nave, em seguida marchou. O Sumo pontífice dirigiu-se para mim e me disse: Os filhos de Deus estão em todas as partes; algumas vezes temos dificuldade em reconhecer a nossos próprios irmãos”. João XXIII nunca quis me contou o que eles falaram nessa experiência; depois de o estrangeiro voltar a sua nave e decolar, o Papa e eu continuamos nossa caminhada como se nada tivesse acontecido. “ Loris Francesco Copovilla secretário pessoal do Papa João XXIII jornal “The Sun” 1985

 
Se esta história é real ou não, ela teve um profundo impacto sobre os meios de comunicação e é usada por muitas pessoas para ”confirmarem” a presença ou existência de “irmãos siderais”  e…por que não cristãos (?) – Como seres incluídos na criação de Deus. Mas com tudo isso, quem foi o Papa João XXIII? Entre um dos seus maiores méritos é atribuído a convocação do Concílio Vaticano II, que foi um dos maiores eventos da Igreja Católica na era moderna. Este por sua vez foi um dos maiores eventos ecumênicos na história da Igreja Romana e se juntaram a este concílio vários líderes de diferentes denominações cristãs e etnias, dando início a uma nova era de “unidade” entre os crentes. Caso você não saiba, o ecumenismo é uma ferramenta satânica que é e será usada para trazer a nova religião mundial do Anticristo. Não foi por acaso que o Papa envolto em contato com UFO, seja o que convocou esta unificação das igrejas. A Igreja Católica, através do Concílio Vaticano II, estabeleceu, entre outras coisas, o seguinte:
 
  • Ecumenismo deve ser incentivada pelos bispos (Decreto Christus Dominus 16).
  • Deve-se cultivar o espírito ecumênico entre os neófitos(Decreto Ad gentes divinitus 15).
  • Os católicos são encorajados a reconhecer os sinais dos tempos, e a participarem ativamente no trabalho ecumênico (Decreto Unitatis redintegratio 4).
  • Os católicos, em sua ação ecumênica certamente devem se preocupar com os irmãos separados, rezando com eles, lidando com eles nas coisas da Igreja e antecipando-se nas reuniões (Decreto Unitatis redintegratio 4).
  • Os católicos precisam apreciar com alegria e estimarem os bens verdadeiramente cristãos procedentes do património comum, que se encontram entre os irmãos separados (Decreto Unitatis redintegratio 4).
 
João Paulo II junto com vários líderes religiosos na “Primeira Encontro inter religioso de Oração pela Paz” (1986).
 
Ecumenismo em seu disfarce de paz e unidade, esconde a adoração a Besta e a negação de que Jesus é a porta como mencionado em João 10:1-21 ou verdade, o caminho e a vida mencionado em João 14:16 (o ecumenismo tem a ajuda das Nações Unidas e do Movimento Nova Era). Irá impulsionar a religião gnóstica do falso profeta e, portanto, e a aceitação de seu sistema econômico com a marca da besta. De fato ocorrerá uma intervenção extraterrestre(Anjos Caídos) durante este processo de hipnose em massa, é que irá “resolver” os supostos mistérios sobre a origem da humanidade e cumprir o papel que tanto a nova era tem-se concentrado em promover: mostra-nos o futuro de um novo amanhecer dourado. E Roma ajuda como a sede principal desse movimento novaerista.
Se você quiser entender o papel do Vaticano e do movimento ecumênico recomendo a leitura da série de quadrinhos de Alberto Rivera .

:: [ HISTÓRIAS EM QUADRINHOS ] :: Alberto Rivera

A história inesquecível de um sacerdote jesuíta e sua conversão a Cristo
 
Abaixo postamos links para 5 diferentes histórias em quadrinhos, relatando histórias sobre a vida do Dr. Alberto Rivera. O Dr. Rivera diz já ter sido jesuíta, e traz diversas e chocantes revelações sobre esta ordem, e sobre o catolicismo em geral. E também revelações acerca do Islã, do Holocausto, e muito mais. HQ’s ricamente ilustradas, com argumentos bem amarrados. Muito bom! Cabe ressaltar que, mesmo entre alguns grupos evangélicos, há quem questione a veracidade de algumas das informações apresentadas pelo dr. Rivera. Bem, leia você mesmo, e julgue por si. As HQ’s são ótimas, e vale a pena ler cada uma delas…
 
 
Clique sobre o título para acessar:
Revista n° 1: Alberto.
As Duas Cruzes.
Quatro Cavaleiros.
O Profeta.
O Grande Holocausto.
 
 
 
 
O Exorcista do Vaticano

Monsenhor Corrado Balducci, ufólogo oficial do Vaticano, teólogo, demonologista e um dos maiores exorcistas do Vaticano foi uma figura proeminente a alguns anos atrás (antes de sua morte em 2008) sobre contato com extraterrestres.

 
Monsenhor Corrado Balducci
 
Balducci afirmou em diversas entrevistas que o contato com alienígenas era real e deveria ser analisado cientificamente. Em uma de suas aparições mencionou:
 
“É provável que existam outros seres, o que não seria estranho, entre a natureza humana e a angelical (sobrenatural), das quais temos certeza teológica, embora haja uma grande discrepância a respeito (?) E parte do homem, cujo espírito esta subordinado à matéria, e os anjos que são só espírito, é provável que existam seres que têm espírito além do corpo e matéria, de modo similar a nós outros. É passível que exista aquilo que denominamos por OVNIs, assim como podem existir as pessoas que aparecem junto as estas naves, as quais não somente teriam a ciência, mas também uma habilidade natural superior à nossa “
É interessante como o monsenhor Balducci enfatiza a natureza física dessas entidades, garantindo que elas têm um corpo e um espírito como nós. Isso nos mostra o cúmulo da ironia do maior demonologista do Vaticano, que tem um livro intitulado “O Diabo existe e como reconhecê-lo”. Não lhe ocorreu pensar que essas manifestações podem ser de demônios em um disfarce elaborado? Porque evitou esta conclusão? Afinal se ele Falasse sobre a verdadeira natureza espiritual destes fenômenos, isso impediria que ele estreitasse  suas descobertas com outros ufólogos e pesquisadores seculares. Entre eles, o arqueólogo e maçom Zecharia Sitchin.
 
Em abril de 2000, quando Zecharia Sitchin se empenhou em uma discussão pública sobre o tema alienígena com Monsenhor Corrado Balducci, durante uma conferência internacional em Bellaria, Itália.
 
 
Sitchin entretanto, descreveu seu encontro com Balducci com as seguintes palavras:
 
“Temos muito o que falar, disse o monsenhor Balducci, ele se adiantou para felicitar-me na apresentação:” Eu tenho grande respeito por seu trabalho “, continuou voltamos ao hotel para o almoço. Nossa mesa estava cercada em um semicírculo por meus fãs americanos, com a intenção .. de não perderem uma palavra do debate por acontecer.   Durante a sessão de várias horas, Monsenhor Balducci, expôs a posição que pretendeu estabelecer, num texto preparado em seu discurso no dia seguinte. Enquanto a minha abordagem foi baseada em evidências físicas, ele foi só um  teológo-filosófico católico romano, olhando para os aspectos espirituais. No entanto, nossas conclusões convergiram. “
 
Zecharia Sitchin é bem conhecido no fenômeno UFO, ao concluir, após exame e tradução das tábuas sumérias, que seres de outros planetas tiveram comunicação direta com esta cultura antiga, também esses personagens estelares chamados “Annunaki” teriam criado o raça humana com base em experiências genéticas. Se é verdade que as conclusões de Balducci convergiram com as historias sumérias, o Bispo tinha muito mais em comum com a doutrina da Nova Era do que com a história do livro de Gênesis. Eu posso dizer que, pessoalmente, Corrado Balducci assim como os outros contatados, foi usado por estas entidades alien para promover a mesma doutrina de Sitchin e dos altos níveis da Maçonaria.
 
 
L’Osservatore Romano
 Em uma entrevista chamada “O extraterrestre é meu irmão” no jornal do Vaticano, L’Osservatore Romano, o padre jesuíta Gabriel Funes, diretor do Observatório do Vaticano, disse que “Na minha opinião, existe a possibilidade de que (de vida em outros planetas) exista”; “Os seres inteligentes criados por Deus poderiam existir no espaço” e “alguns extraterrestres poderiam ser livres do pecado original”, porque “poderia ​​haver alguns que permaneceram em amizade plena com o criador.”
 
José Gabriel Funes
 
Algo ainda mais inedito ocorre no Telescópio Vaticano de Tecnologia Avançada (VATT) no Monte Graham, no sudeste do Arizona. Um lugar mencionado pelas culturas Apache como “sagrado” por causa da presença de “espíritos da natureza”. Coincidentemente o Vaticano tinha muito interesse neste local onde terminou colocando um telescópio gigante, que de acordo com eles, é para “estudar as estrelas.” O informante e suposto ex-Illuminati Leo Zagami afirma que o interesse dos jesuítas sobre a área tem a ver com portais dimensionais, necessários para a comunicação com estes antigos espíritos ou demônios.
 
Por incrível coincidência demográfica, outro observatório foi construído no Monte Graham, Telescope Near-infrared Utility with Camera and Integral Field Unit for Extragalactic Research, ou como ele foi batizado de ” LUCIFER “por seus desenvolvedores dos EUA, Itália e Alemanha. Não é difícil concluir que o próprio Vaticano esta por trás deste projeto, e que seu nome é uma alusão a vinda de um falso messias cósmico.
 
 
Uma mensagem de um “Ex” jesuíta
 Outra figura controversa que estava envolvido na “Companhia de Jesus” foi o ex-jesuíta e escritor Salvador Frixeido. Apelou por muitos como perspicaz e visionário, demonstrou em várias entrevistas a sua posição como estudioso do fenômeno OVNI e por expor suas ideias sobre a “verdade” do cristianismo.
 
 
Salvador Frixeido um agente Nova Erista com credenciais de ”ex-jesuíta”, será?
 
Entre suas obras Frixeido publicou “Cristianismo: um mito a mais”, que, como a doutrina da nova era ou outros documentários como Zeitgeist, assegurou que a origem de Jsus eve-se a um conjunto de histórias mitológicas. Muito ligado a esta doutrina, o teólogo também publicou um outro livro chamado “OVNIs, uma ameaça para a humanidade?” , que fala sobre a dualidade extraterrestre que vivemos e a realidade do contato extraterrestre. Será que Frixeido realmente está inativo na ordem jesuíta? Tudo nele aponta como sendo um agente disinformador, com objetivos próprios da elite illuminati.
 
 
Re-definindo as Profecias
O filme de 2009, “The Omen” é um arquétipo claro de programação preditiva sobre a chegada de extraterrestres, e não apenas como uma revelação científica, mas religiosa, sendo este último alcançado pela elite. Como explicado em capítulos anteriores, muitos destes filmes servem para condicionar a cultura popular durante a próxima grande decepção que terá lugar no céu e no mundo.
 
http://mlb-s1-p.mlstatic.com/dvd-pressagio-nicolas-cage-sem-luva-14180-MLB233117517_9447-O.jpg
Filme Presságio, no Brasil é Knowing “conhecimento” na tradução original.
 
 
No inicio do filme da Escape Artists, repare no olho(de Hórus) com uma pessoa fugindo e o nome abaixo Escape. Isso já diz quem são seus mentores por trás das cenas.
 
O filme começa em 1959, em uma escola primária em Lexington, Massachusetts. Uma jovem garota chamada Lucinda Embry tem a capacidade de ouvir vozes em forma de sussurros indistinguíveis.
 
 
Lucinda Embry, a portadora da luz.
 
O nome da menina “Lucinda” é uma variante do nome latino Lucy, que significa luz.  Embry, significa “fogo ardente”. Ambos os nomes escondem do espectador seu papel no filme como Lúcifer, o portador da luz. Ela não somente recebe a luz, ou gnose, mas porta-o, e o passa, ou carrega o fogo da tocha, outros termos utilizados no gnosticismo ,  fogo, luz, conhecimento, gnosis.
 
Lucinda é assombrada por essas vozes que parecem estar dando informações decodificadas acerca do futuro, forçando-a a isolar-se dos outros e viver como uma menina introvertida. Em um dos projetos da escola, Lucinda escreve uma carta cheia de códigos para colocar em uma “cápsula do tempo”, que será enterrada por 50 anos.
 
 
 
Os códigos estranhos provêm de sussurros que Lucinda pode ouvir.
 
Esta cápsula será colocado em um buraco de concreto na entrada da escola, para que outras crianças conheçam as futuras mensagens das gerações anteriores que estudavam em sua escola. A data seria de 1959 a 2009.
 
 
O local onde a cápsula é enterrada tem uma estrela de oito pontas, representando os portais dimensionais ou portais estelares(stargates). É através do tempo e do espaço que a gnose pode ser reincorporada.
 
O filme faz um salto ao ano de 2009, onde John Kroaster (Nicolas Cage) e seu filho Caleb estão olhando para Saturno através de um telescópio. Saturno também é conhecido na mitologia grega como “Kronos”, o deus do tempo, para enfatizar o “portal dimensional” que trará a mensagem de Lucinda. Este planeta também serve como um culto a Satanás na teosofia de Madame Blabatski.
 
 
Olhando para Kronos, uma busca simbólica ao deus desconhecido.
 
Mais tarde é revelado que John é professor de Astrobiologia, um cientista que tem dificuldade para se relacionar com o filho após a morte de sua mãe em um incêndio. Este é também o arquétipo do não crente ou incrédulo, você possivelmente perdeu sua fé depois de um evento traumático, como a morte de sua esposa. Cenas depois que ele aparece dando uma aula sobre determinismo e aleatoriedade.
 
 
Determinismo vs aleatoriedade, propósito vs devassidão.
 
Por um lado, o determinismo ensina que tudo tem um propósito e um fim, assegurando que a criação e os seres humanos têm um papel na terra, porque tudo já está escrito, não somos responsáveis ​​por nossas ações (não existe pecado ). Em contraposição a isso, a aleatoriedade ensina que fomos criados por um acidente cósmico, que não há nenhuma lei maior e temos de fazer o que acharmos melhor. John Kroaster é claro ao propor a aleatoriedade como a teoria mais credível, o que resultou na morte de sua esposa e no seu refúgio no álcool. Durante o filme se mostra a transformação filosófica de John, que também pretende ser a transformação da crença do espectador, para ir da aleatoriedade para o determinismo, redefinindo sua crença, de um ateísmo científico para a aceitação de um deus extreterrestre.
 
 
A cápsula é reaberta em 2009.
 
O filho de John Kroaster, que estuda na mesma escola onde estudou Lucinda, recebe a  carta com os códigos estranhos, e começa a ouvir vozes que sussurram em seu ouvido. À distância, um homem de terno preto está olhando, mas depois desaparece.
Com este cenário sombrio, o filme expõe Caleb como um dos “escolhidos”.
 
 
Uma vez em casa, John observa a carta e menciona que seu filho deve devolvê-la como as demais crianças, mas este decide ficar com as folhas em uma mesa onde a marca acidentalmente, a forma circular desta chama a atenção de John e as estranhas combinações de números lhe recordam uma data especial.
 
 
John descobre que a carta de 50 anos tem uma data de 11 de setembro, com o número de mortos no ataque ao Word Trade Center.
 
 
Neste ponto, tudo se torna eventos proféticos, como John descobre que todos os códigos anunciam eventos catastróficos e suas quantidades de mortos, respectivamente. Entre eles está o incêndio que matou sua esposa e desastres que ainda não se cumpriram. John logra ir ao local do próximo evento e verá com seus próprios olhos que os códigos realmente prevêem o futuro, infelizmente, ele não pode fazer nada para detê-los.
 
Durante estas revelações, seu filho Caled segue ouviu os sussurros e entra em contato com os estranhos personagens de negro (gênios ou jiinns). Estes lhe entregam uma pedra negra, um sinal de que ele é um dos escolhidos.
 
Na alquimia pedra polida é um símbolo da “iluminação” esotérica e perfeição.
 
Em sua segunda visita, estes seres mostrarão a Caleb um cenário perturbador sobre a extinção do mundo através do fogo. Como veremos mais adiante, o filme faz referência ao dia do juízo final, onde Deus vai destruir a Terra com os habitantes que não foram arrebatados.
 
 40 ”Assim como o joio é ajuntado e jogado no fogo, assim também será no fim dos tempos. ”(Mateus 13:40 )
 
 
John rastreia a pista da filha de Lucinda Embry, Diana, e retorna para a casa móvel de Lucinda. Uma vez lá, há um representação da visão de Ezequiel 1:1-28,desenhada por Matthaeus Merian. A imagem mostra o profeta Ezequiel, a visão da roda, quatro seres viventes, e de Deus. Muitas interpretações mencionam esta visão como sendo um veículo celestial, porém para muitos teóricos ufologistas, com inclinações para a nova era, isso seria um tipo de contato imediato do terceiro grau, com uma espaçonave de última tecnologia e com tripulantes a bordo. Com base nisso, o filme toma como sendo a interpretação correta das escrituras, relacionando posteriormente com o fim do mundo.
 
O detalhe da visão de Ezequiel no filme
 
O desenho do artista
 4 Olhei e vi uma tempestade que vinha do Norte. Raios saíam de uma nuvem enorme. Em volta da nuvem, o céu estava em fogo, e no meio do fogo havia uma coisa que brilhava como bronze.
 5 No meio da tempestade, vi o que me pareciam quatro animais. A sua forma era de gente,
 6 porém cada um tinha quatro caras e quatro asas.
Ezequiel ..   1:4.6
 
Quando você faz um estudo completo e sistemático da Bíblia é claro que isso não se refere a nave extraterrestre, mas uma evocação de anjos que são descritos pelo profeta Daniel e também por João no livro do Apocalipse. Da mesma forma, a simetria que se desenvolve entre o filme e a Bíblia esta intencionalmente tratando de reduzir as escrituras a simples mitos tribais que precisam de uma explicação científica do que revelá-los como eventos históricos e futuros.
 
O último código das letras é EE, o que significa que “todas os demais outros”, o do mundo.
 
O filme também expõe a Deus como um deus solar, e o sol é quem causará o fim dos tempos, como a Bíblia menciona no julgamento final de Deus em Apocalipse. Esta ideologia de culto e adoração aos astros é comum em muitas civilizações antigas (incas, maias, astecas) em seus cultos de adoração do sol. É claro que no fim dos tempos todo esse conhecimento ancestral / pagão será usado pelo anticristo (suposto alienígena ou anjo caído ou híbrido) da nova era para levar as massas para a Era de Aquário.
 
A falsa interpretação da profecia e se deus solar pagão são os objetivos da nova religião mundial.
 
Algo que completa o estado de hipnose subconsciente do filme se passa na metamorfose dos quatro seres em trajes negros. No começo do filme, eles são introduzidos como personagens obscuros, tenebrosos e de certa forma demoníacos. Mas, ao final do filme, eles mostram a sua verdadeira natureza, em parte angelical, e em grande parte extraterrestres. Esta dissonância cognitiva é exposta com a intenção de re-programar a mente da pessoa para alinhá-la com a teologia da nova era, onde a religião, principalmente a cristã, é doutrinada subliminarmente como uma forma de ignorância e escravidão. Para seus seguidores, a figura do Diabo/Satanás não vista como vilão(como o cristianismo ensina), mas um extraterrestre, ou um mestre ascendido, sendo que é o cristianismo que lhe impôs falsamente esta forma tenebrosa para nos afastar do verdadeiro “conhecimento”. Isto, à luz da palavra de Deus, é um engano estratégico que serve para desenfocar a natureza maligna e enganadora dos demônios e apresenta-los como seres iluminados de outros mundos.
 
 
 14 E isso não é de admirar, pois até Satanás pode se disfarçar e ficar parecendo um anjo de luz.
2 Coríntios 11:14.
 
No final do filme se revela que os ETs estão na Terra, com o propósito de evacuar os “eleitos” (o arrebatamento da igreja), entre os eleitos estão Lucinda sua neta, Abby eo filho de John, Caleb. Este último falou a seu pai que o extraterrestre disse: “Somente os eleitos podem ir, aqueles que ouvem.” No entanto, ao contrário deste pensamento que Jesus disse:
 27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.
 28 Eu lhes dou a vida eterna, e por isso elas nunca morrerão. Ninguém poderá arrancá-las da minha mão.
 
(João 10:27-28) Uma enorme nave espacial aparece em um ponto estratégico e levar as crianças com eles e dois coelhos (simbólico da reprodução e do programa  Monarca para o controle da mental) para subirem na nave e consigam sobreviver a explosão solar que fulminará todo planeta terra com temperaturas elevadas. John é deixado, alegando que nem todos são escolhidos, mas apenas aqueles que “têm ouvidos para ouvir” (os extraterrestres).  Esta é a razão pela qual as crianças e Lucinda Embry tinham a capacidade de escutar os sussurros dos deuses do espaço.
 
O suposto rapto, ou a grande evacuação messiânica.
 
 
O planeta arde em chamas depois de os eleitos são arrebatado da Terra.
 
 
A propaganda doutrinária da nova era volta-se contra o pai de John, um pastor cristão que, apesar de sua fé tradicional acaba sendo deixado com todos os outros não-crentes para a morte certa. Para a doutrina gnóstica, assim como no filme, nós não estamos salvos, mediante a fé em Cristo, mas pelo conhecimento (knowing é o nome do filme no original, traduz-se : conhecimento).
 
 13                            …” novo céu e uma nova terra”’

 (2 Pedro 3:13), que deveram ser repovoados com novos habitantes.

Na última cena Caleb e Abby são deixados em um novo planeta, (outras naves também aterrizam), ambos correm em direção a uma árvore que, aparentemente, representa a árvore da vida mencionada em Apocalipse 22:02. Outra interpretação mais alinhada com a nova era assinalaria ela como a árvore do conhecimento do bem e do mal, que é usada no gnosticismo e do cabalismo judaico para representar a libertação do homem através do conhecimento.
 
Este cenário final acaba manifestando claros paralelismos com a história da Bíblia e do início da nova Jerusalém. Para o ávido leitor do Apocalink, é fácil concluir que o deus do filme “Presságio” não é exatamente o mesmo que Jesus ensinou há 2000 anos, esta é uma história pré-fabricada por Hollywood para introduzir a teologia dos extraterrestres messiânicos antes da Grande Tribulação do Apocalipse. Qual foi o destino daqueles que rejeitaram a Nova Era e permaneceram fiéis ao cristianismo bíblico? Eles arderam nas chamas do seu próprio deus solar.
 
Conclusões Finais 
Dedes a censura midiática do caso Roswell até o último édito do Vaticano, nada mudou por razões de joguetes oportunistas, ou como resultado de um despertar de consciência  Aquariana. Os seres da obscuridade tem manipulado o homem desde que ele foi criado nesta terra, intentando incorpora-se como anjos de luz ou guias espirituais, que exigindo sacrifícios e tributos, promovem a construção de uma nova torre de babel baseada no satanismo como uma religião. O Ufólogo John Weldon mencionou sobre este fenômeno:
 
“Quão credível é pensar que literalmente milhares de extraterrestres voariam milhões de anos luz simplesmente para nos ensinar filosofia da Nova Era, negar o cristianismo, e apoiar o oculto? E por que essas entidades iriam querem possuir e residir nas pessoas da mesma maneira como os demônios o fazem, caso elas se fossem realmente extraterrestres avançados? “
–  John Weldon
 
Devemos saber que a indústria do entretenimento não visa somente fins políticos, o objetivo a longo prazo é o de desnudar o ser humano de sua consciência espiritual, renovando esse vazio com uma nova mensagem Teosófica, e nesta nova cosmogonia se introduzirá o próximo messias como um líder sobrenatural. Um super homem investido com enganosos poderes sobre-humanos, capaz de unificar todas as religiões em defesa da “paz e segurança mundial”. Os chamados Annunaki(anjos caídos) que enganaram as civilizações antigas a mais de 6.000 anos atrás, fazendo-se passar por deuses que ”desceram dos céus”, terão sua segunda chance em uma sociedade condicionada, ansiosos para dizer-lhes “a paz e segurança” para um novo milênio.
 
“Messias”, um das cartas mais proféticas do jogo de cartas illuminati.
 
Nesta terceira parte esta implícito a mudança de paradigmas religiosos que o Vaticano necessita, que vai de um catolicismo tradicional a uma filosofia ecumênica permeada de diferentes influências esotéricas orientais e aberto à filosófia de existência de vida em outros planetas. A pergunta adequada seria: é verdade que os seres humanos estão se voltando para um contato extraterrestre? Ou estamos sendo arrastados para este cenário propagandístico massivo por uma elite que quer executar uma agenda? O fenômeno OVNI não trata realmente sobre a vida em outros planetas, mas sim sobre a percepção dos seres humanos face a uma nova crença espiritual, que o perturbado ocultista Aleister Crowley julgou chamar, a Era de Horus.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Top 10 razões pelas quais os “Alienígenas” são anjos caídos ou demônios

Top 10 razões pelas quais os “Alienígenas” na verdade são anjos caídos/demônios  1. Aliens dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *