Principal / Uncategorized / O Guia moderno sobre anjos caídos e demônios: A primeira onda de Anjos Caídos (Capítulo 2)

O Guia moderno sobre anjos caídos e demônios: A primeira onda de Anjos Caídos (Capítulo 2)

E sobre os outros anjos caídos ?

Há outros anjos caídos, além de Satanás. Deus fez muitos anjos , sabemos
que aproximadamente 1/3 do número total dos anjos tornaram-se pecadores sob
a influência de Satanás.

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas.E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o filho.”
Apocalipse 12:3-4
A
cauda do dragão Satanás lançou essas estrelas para a Terra mostra que
eles se tornaram pecadores sob a influência de Satanás.  Isso define que os anjos são comparados com as estrelas do céu e demonstra que existem
muitos anjos, mas apenas um terço do número total dos anjos tornaram-se anjos caídos.
Há detalhes da Bíblia que nos dão a entender que a queda dos anjos pode  ter acontecida em duas ondas:
1-A primeira onda ocorreu antes do dilúvio, e eles foram presos no abismo.
2-A segunda onda caiu após o dilúvio, e estes foram lançados para a terra com Satanás depois de terem perdido a batalha no céu.
          A primeira onda de anjos caídos

Eis os motivos porque muitos anjos estão presos e outros estão soltos:
 
“Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo; E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios; E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente; “ 2 Pedro 2:4-6

“E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno. Judas 1:6-7 “ 

 Os primeiros anjos que pecaram , o fizeram por “não manterem o seu próprio domínio e abandonaram seu próprio domicílio”. Isto é comparado diretamente com os pecados de Sodoma, na qual os homens pecaram, indo após outra carne e fornicação. O
que aconteceu em Sodoma é que os homens não estavam apenas buscando as
relações homossexuais, mas estavam tentando ter relações homossexuais
com os anjos enviados por Deus (Gn 19)se referindo ”outra carne, isto é a dos anjos”
. E por isso que podemos organizar na primeira onda de anjos que pecaram,  porque o fizeram de uma maneira sexual. 2
Pedro 2 indica uma ordem cronológica dos eventos
:
1- o primeiro tempo
desse pecado

2- depois do dilúvio do tempo de Noé
3- e então o tempo de
Sodoma. 

E assim este pecado pode ser organizado como  acontecido antes do dilúvio. Também
deve ser notado que o termo usado aqui para descrever estes anjos pecadores é
“aggelos”
, o que significa que eles eram do tipo de anjos “mensageiros”. Como já estudamos isto, estes anjos mensageiros pareciam humanos, e também eram conhecidos como “observadores”, vigilantes, guardiões ou os famosos “filhos de Deus”.


Tudo isso parece estar em paralelo com a história contada em Gênesis 6:
“E aconteceu que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas,Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. Então disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.Gênesis 6:1-4
Esta
história fala de alguns detalhes do tipo dos anjos mensageiros, que são sempre descritos como tendo aparência humana, tomaram mulheres
humanas como esposas, em poligamia. Quando isso começou aconteceu? Quando
os homens começaram a multiplicar-se e tiveram mais filhas, o que indicaria
algo mais cedo, quando Adão gerou filhas, talvez dentro de 200-300 anos após
a queda no pecado. Esta história também detalha que estes
anjos caídos e as mulheres tiveram filhos que eram homens gigantes
, o
termo usado por eles é “Nephilim”(Caídos). E assim estes gigantes
estavam na terra desde  aqueles dias em que Adão teve filhas, e
após esse tempo, até a época do dilúvio, quando apenas Noé e sua
família foram poupados.
Nós vamos falar
mais sobre estes Nephilim com mais detalhes posteriormente, mas por enquanto vamos ficar com a primeira onda de anjos caídos.
2
Pedro 2 indica que esses anjos mensageiros pecadores, estes filhos de
Deus, que foram após outra carne, foram punidos um pouco antes ou no
momento do dilúvio, em ordem cronológica
. Também é claro que esses anjos pecaminosos foram presos em cadeias, na escuridão, até o momento do “julgamento do grande dia”. O
termo “inferno” aqui para o local de sua prisão é realmente “Tártaro”, o
que significa o “abismo mais profundo do inferno”, e esta palavra é
usada somente no Novo Testamento. No entanto, o termo sinônimo “Abismo” é usado várias vezes no livro do Apocalipse, na frase “poço sem fundo”. Este é o mesmo lugar em que Satanás será preso por 1000 anos de acordo com Apocalipse 20. Como tal, parece que o poço do abismo ou Abismo é um lugar especial e único,  que tem a capacidade ou condição de aprisionar um anjo caído, como Satanás, um local à prova  dos poderes dos espíritos, a prova de sua força, uma espécie de zona fantasma

 

Zona Fantasma é um conceito das revistas, filmes e seriados do Superman. Trata-se de uma dimensão de onde é impossível se escapar. Para lá eram enviados os piores criminosos de Krypton.

Condenados ficam num estado insubstancial, como fantasmas, até serem
libertados (se.). A única maneira de sair desta “prisão” é alguém do
lado de fora conseguir abrir um portal
, geralmente com o projetor de
Zona Fantasma.

E também sabemos que Tártaro é um local onde os anjos caídos estão presos neste momento. À medida que estes termos têm significados sinônimos, faz sentido que este sejam o mesmo lugar. Atualmente, a primeira onda de anjos caídos estão presos no Tártaro, o que parece ser o mesmo lugar que é chamado o Abismo. Mais tarde, Satanás será preso lá. Mas antes que Satanás seja preso no Abismo, vários outros eventos ocorrem.

“E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo.E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra.E foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o sinal de Deus.E foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem; e o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem.E naqueles dias os homens buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles.E o parecer dos gafanhotos era semelhante ao de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia umas como coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens.E tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como de leões.E tinham couraças como couraças de ferro; e o ruído das suas asas era como o ruído de carros, quando muitos cavalos correm ao combate.E tinham caudas semelhantes às dos escorpiões, e aguilhões nas suas caudas; e o seu poder era para danificar os homens por cinco meses.E tinham sobre si rei, o anjo do abismo; em hebreu era o seu nome Abadom, e em grego Apoliom.”Apocalipse 9:1-11
Aqui vemos que “gafanhotos” saem do abismo após a 5 ª trombeta soar. O termo “gafanhotos” é pode ser simbólico, ou seja , o modo como João via  essas criaturas . Mas
esses gafanhotos têm rostos humanos, como fazem os anjos mensageiros
que parecem homens, cabelos compridos, como alguém que não cortou  cabelo durante muito tempo
. Neste momento as únicas
entidades que parecem estar atualmente presas nas cadeias do Abismo são os
“filhos de Deus” mencionados em Gn 6, 2 Pedro e Judas.
Se a
chave para esta prisão fosse dado a um anjo caído, e a prisão do Abismo fosse aberta, então faz sentido que o que sairia de lá seria esses mesmos
“filhos de Deus”. E assim é possível que estes gafanhotos
com rostos humanos e cabelos, poderão ser os mesmos tipos de anjos mensageiros que foram presos no abismo desde a época do Dilúvio.
Olhando
para o grego, estes gafanhotos têm diante de si, na sua presença, um
rei descrito como um anjo caído do tipo mensageiro, que também surge do
Abismo. O nome deste anjo é Abaddon ou Apollion, o que significa o Destruidor.
Mais é dito sobre este anjo caído chamado de  Destruidor , sai do abismo.
”E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.”Apocalipse 11:7
Este anjo caído, o Destruidor, é também chamado de a “besta”. No contexto, ele mata as duas testemunhas de Apocalipse.
“E o anjo me disse: Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres.A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.”Apocalipse 17:7-8
Aqui fica claro que este anjo caído, o Destruidor, está confirmado como o mesmo que sai do abismo. Esta é a mesma besta  que a prostituta monta, a mesma besta que tem sete cabeças e dez chifres. No entanto, isso também identifica este anjo caído como a Besta do Mar:
“E vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia.E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio.E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta.E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?” Apocalipse 13:1-4
Pode
haver mais detalhes sobre este anjo, o Destruidor na Bíblia, em uma seção da
profecia com 2 significados, assim como Satanás é abordado em Isaías 14 e
Ezequiel 28. Esta seção está Ezequiel 31, e também parece
funcionar em paralelo e dá mais detalhes sobre os “filhos de Deus” que
foram presos no abismo. Parece  contar a história geral dos eventos de Gênesis 6, e sua prisão.
“E sucedeu, no ano undécimo, no terceiro mês, ao primeiro do mês, que veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, dize a Faraó, rei do Egito, e à sua multidão: A quem és semelhante na tua grandeza? Eis que a Assíria era um cedro no Líbano, de ramos formosos, de sombrosa ramagem e de alta estatura, e a sua copa estava entre os ramos espessos. As águas o fizeram crescer, o abismo o exalçou; as suas correntes corriam em torno da sua plantação, e ele enviava os regatos a todas as árvores do campo. Por isso se elevou a sua estatura sobre todas as árvores do campo, e se multiplicaram os seus ramos, e se alongaram as suas varas, por causa das muitas águas quando brotava.Todas as aves do céu se aninhavam nos seus ramos, e todos os animais do campo geravam debaixo dos seus ramos, e todas as grandes nações habitavam à sua sombra. Assim era ele formoso na sua grandeza, na extensão dos seus ramos, porque a sua raiz estava junto às muitas águas. Os cedros, no jardim de Deus, não o podiam obscurecer; as faias não igualavam os seus ramos, e os castanheiros não eram como os seus renovos; nenhuma árvore no jardim de Deus se assemelhou a ele na sua formosura. Formoso o fiz com a multidão dos seus ramos; e todas as árvores do Éden, que estavam no jardim de Deus, tiveram inveja dele. Portanto assim diz o Senhor DEUS: Porquanto te elevaste na tua estatura, e se levantou a sua copa no meio dos espessos ramos, e o seu coração se exalçou na sua altura,Eu o entregarei na mão do mais poderoso dos gentios, que lhe dará o tratamento merecido; pela sua impiedade o lançarei fora. E estrangeiros, das mais terríveis nações o cortarão, e deixá-lo-ão; cairão os seus ramos sobre os montes e por todos os vales, e os seus renovos serão quebrados por todos os rios da terra; e todos os povos da terra se retirarão da sua sombra, e o deixarão. Todas as aves do céu habitarão sobre a sua ruína, e todos os animais do campo se acolherão sob os seus renovos; Para que todas as árvores junto às águas não se exaltem na sua estatura, nem levantem a sua copa no meio dos ramos espessos, nem as que bebem as águas venham a confiar em si, por causa da sua altura; porque todos estão entregues à morte, até à terra mais baixa, no meio dos filhos dos homens, com os que descem à cova. Assim diz o Senhor DEUS: No dia em que ele desceu ao inferno, fiz eu que houvesse luto; fiz cobrir o abismo, por sua causa, e retive as suas correntes, e detiveram-se as muitas águas; e cobri o Líbano de preto por causa dele, e todas as árvores do campo por causa dele desfaleceram. Ao som da sua queda fiz tremer as nações, quando o fiz descer ao inferno, com os que descem à cova; e todas as árvores do Éden, a flor e o melhor do Líbano, todas as árvores que bebem águas, se consolavam nas partes mais baixas da terra.Também estes com ele descerão ao inferno a juntar-se aos que foram traspassados à espada, sim, aos que foram seu braço, e que habitavam à sombra no meio dos gentios. A quem, pois, és semelhante em glória e em grandeza entre as árvores do Éden? Todavia serás precipitado com as árvores do Éden às partes mais baixas da terra; no meio dos incircuncisos jazerás com os que foram traspassados à espada; este é Faraó e toda a sua multidão, diz o Senhor DEUS. Ezequiel 31:1-18 “.

Vamos tentar interpretar…
Aqui nós temos uma referência à época antes do dilúvio, quando o Éden ainda era conhecido no local. Este Assírio era um rei, e ele é comparado a uma árvore muito alta, com muitos ramos longos  e espessa folhagem. Ele é descrito como a árvore mais alta, com muitos ramos formosos. A
ênfase repetida aqui na altura pode ser um paralelo ao que os filhos de
Deus geraram e ficaram conhecidos no Gen 6, como seus filhos , que eram gigantes(Gibbor) em estatura. Parece ser uma paralelo. Como
tal, a Assíria pode ser a Besta, o rei da época antes do dilúvio, e o
líder dos filhos de Deus e de todos os que tinham a prole de altura gigante. E os  ramos mencionados aqui podem ser suas esposas, as “filhas dos homens” que eram “formosas” em Gênesis 6. E
os “galhos que foram multiplicados” e “espessos ramos” ou folhagem, talvez, onde os 4 rios ramificados do rio que corria para fora do Éden. (Gen 2)
No entanto, outras árvores são mencionadas, algumas do campo, e alguns
dizem ter sido no Éden, no jardim de Deus, e diz-se que a invejavam. Isto
pode se referir a todos os anjos de Deus, aqueles que também tinha
feito mulheres, como visto em Gênesis 6, e também aqueles que não tinham
participado na tomada de esposas. Assim, todos os outros
“filhos de Deus” de Gênesis 6 parecem ser referenciado aqui como outras
árvores, que também tinham ramificações (esposas) e ramos (crianças
gigantes), mas invejavam a árvore da Assíria, que teve mais esposas e
filhos do que eles , e maior sucesso. A árvore da Assíria, a
família desse anjo caído, parece ter tido um reino no tempo antes do
dilúvio, e todos as outros “grandes nações” que “habitavam à sua sombra”.
Provavelmente
cada “árvore” aqui seja um “filho de Deus de Gênesis 6, um anjo pecador, que
tomou esposas e tinham famílias de crianças gigantes, e cada
família compunha a sua própria” nação “ou tribo. Mas todos
eles habitavam sob a sombra da árvore da Assíria deste “filho de Deus”, em
particular,  que tinha uma família maior e maior sucesso.

Portanto assim diz o Senhor DEUS:
Porquanto te elevaste na tua estatura, e se levantou a sua copa no meio
dos espessos ramos, e o seu coração se exalçou na sua altura, Eu o
entregarei na mão do mais poderoso dos gentios, que lhe dará o
tratamento merecido; pela sua impiedade o lançarei fora. E estrangeiros,
das mais terríveis nações o cortarão, e deixá-lo-ão; cairão os seus
ramos sobre os montes e por todos os vales, e os seus renovos serão
quebrados por todos os rios da terra; e todos os povos da terra se
retirarão da sua sombra, e o deixarão
. “
Embora esta passagem também se aplique aos egípcios, ela pode lançar alguma luz sobre o dilúvio. Aqui,
o “deus das nações” que dolorosamente  expulsa os assírios por
sua maldade e orgulho pode ser mais auto-referencial para as ações que
Deus tomou a si. O “E estrangeiros,
das mais terríveis nações o cortarão,
” em hebraico reflete o conceito “, de ser terrivelmente banido , cortado da terra, isolado“. E assim a ação
que aqui é referida  pode ser Deus aprisionando esses anjos pecadores e o 
seu líder, a Assíria, no Abismo, e por conseguinte trazendo o dilúvio. Ela
diz que esta árvore é destruída por todos os rios da terra, os seus
ramificações (mulheres) e seus ramos (seus filhos), juntamente com todos que estão na
sombra de seu reino. Se eles estão nas montanhas ou nos vales, todos eles são destruídos pelos rios da terra. E
diz que todos os povos da terra “foram para baixo”, que significa
também a afundar, que significa ou ser isolado.
Todas as aves do céu se aninhavam
nos seus ramos, e todos os animais do campo geravam debaixo dos seus
ramos
:”

A imagem dada aqui pode ser um dos pássaros e animais agarrados a
pedaços de madeira de árvores que flutuam na água, porque o terra
desapareceu.

Para que todas as árvores junto
às águas não se exaltem na sua estatura, nem levantem a sua copa no meio
dos ramos espessos, nem as que bebem as águas venham a confiar em si,
por causa da sua altura; porque todos estão entregues à morte, até à
terra mais baixa, no meio dos filhos dos homens, com os que descem à
cova.

Aqui há um paralelo
definido que todos os envolvidos que vão  beber das águas,  irão até a parte
inferior da terra, ou à cova. O “buraco” aqui é uma palavra para uma masmorra, uma prisão,  ou cisterna. Isso tudo dá a mesma descrição geral do abismo. Os filhos de homens que morreram no dilúvio, assim como os anjos caídos desceram ao abismo. E o propósito declarado disso é “a fim de que nenhuma de todas” as outras árvores (anjos) venham repetir essas ações. A
ação tem haver com a grandes altura, com os ramos longos, isto parece ser
simbólico para os eventos pecaminosos de Gênesis 6, em que os anjos
caídos tomaram esposas e tiveram filhos gigantes na altura. Isto é tanto mais confirmado pela à inundação(dilúvio) nos próximos versos:
Assim diz o Senhor DEUS: No dia
em que ele desceu ao inferno, fiz eu que houvesse luto; fiz cobrir o
abismo, por sua causa, e retive as suas correntes, e detiveram-se as
muitas águas; e cobri o Líbano de preto por causa dele, e todas as
árvores do campo por causa dele desfaleceram.

Isso coloca o tempo que os anjos caídos e seu líder caíram no abismo no mesmo dia em que Deus conteve as grandes águas
e a inundação foi suspensa.
E, aparantemente, todos os anjos que não participaram de seus pecados, estes anjos lamentaram  pelo destino dos rebeldes no abismo. Para
a história dos anjos, este foi um evento importante em que todos eles ficaram cientes deste castigo aterrador, até mesmo para os poderosos anjos. Novamente, o objetivo foi “a fim de que nenhum”
das outras “árvores”, ou outros anjos, repetissem as ações das “árvores altas, com ramos longos e altos ramos”, e isto representa
as ações dos anjos caídos em Gênesis 6 ou tomarem esposas ou terem filhos.

Ao som da sua queda fiz tremer
as nações, quando o fiz descer ao inferno, com os que descem à cova; e
todas as árvores do Éden, a flor e o melhor do Líbano, todas as árvores
que bebem águas, se consolavam nas partes mais baixas da terra. Também
estes com ele descerão ao inferno a juntar-se aos que foram traspassados
à espada, sim, aos que foram seu braço, e que habitavam à sombra no
meio dos gentios. A quem, pois, és semelhante em glória e em grandeza
entre as árvores do Éden? Todavia serás precipitado com as árvores do
Éden às partes mais baixas da terra; no meio dos incircuncisos jazerás
com os que foram traspassados à espada; este é Faraó e toda a sua
multidão, diz o Senhor DEUS.
Há pontos interessantes aqui. A
primeira é que a palavra “nações” é uma definição
listada na Concordância de Strong é “um enxame de gafanhotos, outros
animais (figurativo)”. Este termo é usado durante toda esta
passagem, levantamos a questão se Apocalipse pode se referir a esta
passagem, em referência aos gafanhotos que vêm do abismo.
Pode
ser o que é dito aqui em Ezequiel 31 é que  “Os gafanhotos tremeram ao
som de sua queda, quando os fiz descerem ao inferno com eles (os
gafanhotos), que descem à cova (Abismo)”. Se assim for, então isso está em paralelo com os gafanhotos do Apocalipse. Ezequiel 31 parecem referir-se a primeira onda de anjos caídos sendo presos no abismo. Ele define o momento de sua prisão tendo começado no fim do dilúvio, quando Deus conteve nas águas. O segundo ponto interessante é que ele diz que eles “serão presos nas partes inferiores da terra”. Este novo fato refere-se as “mais baixas” partes da terra, o abismo, o tártaro, a prisão desses anjos caídos. Interessante, parece que Jesus Cristo foi ao Abismo após a ressurreição, até a esses anjos caídos que foram presos no abismo. Que
Jesus foi ao abismo é confirmado em Ef 4, que ele desceu às partes
mais baixas da terra, que é sinônimo do abismo, abismo, ou Tártaro.
“Mas a cada um de nós foi dada a graça conforme a medida do dom de Cristo. Por isso diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e deu dons aos homens. Agora que ele subiu, o que é, mas que ele também desceu às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para que pudesse cumprir todas as coisas. ” Ef 4:7-10

Isso nos leva de volta ao Apocalipse.
“E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra.E foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o sinal de Deus.Apocalipse 9:2-4
Se estes anjos caídos são os mesmos ”gafanhotos”,  Eles recebem o poder de atacar apenas as pessoas impenitentes, que não têm o selo de Deus em suas testas. Eles estão atacando as pessoas que tomaram a Marca da Besta, e que está adorando a dragão Satanás, e da Besta. Em outras palavras, estes anjos parecem estar trabalhando para Deus de alguma forma incompreensível para o APOCALINK, E punem os inimigos de Deus. 

 A maioria das traduções do Apocalipse diz que a Besta do Abismo é o rei dos gafanhotos. No entanto, outra leitura igualmente válida para o grego é que “eles têm em sua presença um rei, o anjo do Abismo”. É possível que, enquanto a Besta, o assírio, o Destruidor, sai do abismo com eles, na verdade, esses gafanhotos ou anjos parecem estar exercendo a ira  de Deus.

Este
anjo caído, a Besta do Abismo, terá o poder de Satanás, e o
mundo vai segui-lo com admiração, adorando esses dois anjos caídos:
Satanás, o dragão, e o Destruidor que é a besta do mar . Este anjo caído, a Besta, será lançado no lago de fogo:
“E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre”. Apocalipse 19:20
Isso ocorre logo depois da volta de Jesus, e logo antes de Satanás estar preso no abismo por 1000 anos. (Ap 19:19, 20:1)

Então, o que torna-se claro, esses anjos, esses “filhos de Deus” de Gênesis 6, voltarão para atormentar os homens e colocar sua prole na terra novamente.
 Quanto a nós,  regozijemo-nos com o povo de Deus  a vitória de Jesus Cristo sobre Satanás.
Atenciosamente,
Apocalink

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

4 Comentários

  1. Gostei muito dessa materia. Estão de parabens Apocalink. Gosto muito do vosso site, voces me esclareceram muitos assuntos que eu não entendia. Deus vos abençoe pelo vosso grande trabalho de alertar e informar as pessoas sobre os illuminatis e as artimanhas do satanás. Muito obrigado, e peço e continuiem com esse vosso grande trabalho de informar as pessoas.

  2. Esse mané não sabe o que fala vcs estão certos irmãos do apocalink

  3. COMO SATANAS ENTROU NESTA TAL ZONA FANTASMA SE ELE DISPUTOU O CORPO DE MOISES COM MIGUEL HEIM. ESTA DESCRITO NA EPISTOLA DE JUDAS, SEM CONTAR QUE O PROPIAMENTE DITO TENTOU CRISTO O SENHOR NO DESERTO. VCS SÃO UMA FIGURA MESMO KKKKKKKK

    • Não leu o artigo, entenda o que esta escrito no artigo;
      ''Este é o mesmo lugar em que Satanás '''será'''' preso por 1000 anos de acordo com Apocalipse 20. Como tal, parece que o poço do abismo ou Abismo é um lugar especial e único, que tem a capacidade ou condição de aprisionar um anjo caído, como Satanás, um local à prova dos poderes dos espíritos, a prova de sua força, uma espécie de zona fantasma .''

      Afirmamos que ele ''será'' preso.Assim sendo vc deixa de ser um completo desatento.
      Atenciosamente,
      Apocalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *