Principal / Uncategorized / B.O.B. e Nicki Minaj, “Out of My Mind” ou Como fazer Controle Mental Divertido

B.O.B. e Nicki Minaj, “Out of My Mind” ou Como fazer Controle Mental Divertido


“Out
of My Mind” (Fora de Controle) é considerado uma canção alegre e
engraçada sobre B.O.B. estar completamente louco. Um olhar mais atento à
letra da música e ao vídeo, no entanto, revela que é mais uma tentativa
de glamourizar uma das práticas mais desprezíveis da elite: a
Programação de Controle Mental. Vamos analisar o vídeo e música de
B.O.B. e Nicki Minaj, “Out of My Mind”, e como ele se refere ao Controle
Mental Monarca. A música “Out of My Mind” de B.O.B. fala de ele estar
louco, então, nada mais do que certo, o vídeo se passa em uma
instituição mental (ou hospício). Enquanto a maioria pararia a sua
análise por aí, um olhar mais atento à canção e ao vídeo revela que
B.O.B. está recebendo um tipo “tratamento” específico. Algumas pessoas
ficam “fora de controle”, devido a problemas de saúde mental, mas outras
estão lá à força. Aquelas que têm problemas de saúde mental geralmente
são tratadas por pessoas competentes, enquanto aquelas que “perderam” na
força são tratadas muito mal. Elas são violentamente abusadas e
traumatizadas por manipuladores sádicos até que completamente
dissociem-se da realidade – literalmente fiquem “fora de controle”. Isso
é o que chamamos de abuso ritualístico, a base do Controle Mental
Monarca (para mais informações, leia O Controle Mental Monarca – Suas Origens e Técnicas). “Out of My Mind” é uma ilustração caricaturada, mas flagrante do processo de controle mental.
Como vimos em artigos
anteriores, tornar a programação Monarca legal, elegante e, em última
instância, aceitável é uma parte importante da agenda da elite. 
Regularmente, vemos artistas pop lançando material que está repleto de
Controle Mental e simbolismo Illuminati, a fim de manter a agenda da
elite nova e fresca – para que permaneça no rádio, TV e comece a ganhar
inúmeras visualizações no YouTube. Interpretada por dois artistas do rap
que estão em alta, “Out of My Mind” abre um imaginário de Controle
Mental. Apesar de sua natureza inquietante, o vídeo é apresentado de uma
forma leve e sexy, que aparece como positivo e atraente para os jovens
espectadores. Vejamos as principais cenas do vídeo.
B.O.B. não está recebendo tratamento adequado
O vídeo começa com B.O.B. e
Nicki Minaj trancados dentro de uma cela e agindo como loucos. Na parede
atrás deles há inscrições que parecem ser feitas por alguém que é louco
e paranóico, mas, olhando de perto, pode-se decifrar palavras e
símbolos diretamente referindo-se ao controle mental Illuminati. Existem
vários “olhos que tudo vê”, um símbolo que não só representa a elite
oculta, mas é central na programação real de controle mental. Esse
símbolo oculto antigo está no centro dos sistemas usados ​​para
programar escravos MK e foi realmente usado pelo pai do controle mental,
Josef Mengele.
“O Olho Que Tudo Vê é colocado no centro dos sistemas Estrela, do mesmo jeito que Mengele iria colocar um Olho Que Tudo Vê”.
–  Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

Atrás de B.O.B. há esculturas estranhas, como o olho que tudo vê dentro de uma nave
 espacial. Há também frases inquietantes, como “Eles são nós” e “Nós somos eles.” 
Quem são “eles”? Essa é uma referência para a elite controlando esses artistas
 e tornando-os seus peões? Por isso … “Nós somos eles”?
Não só o Olho Que Tudo Vê
representa a elite oculta como também representa a constante vigilância e
o monitoramento; representa que não há como escapar do alcance do
condutor. Por essa razão, muitos escravos MK ficam obcecados com o
símbolo e encontram-se os desenhando em todos os lugares.
“O
escravo é monitorado a partir de tantos diferentes métodos invisíveis
que ele começa a parecer impossível para alguns de já estar livre do
Big Brother. Se você adicionar a tudo isso, que o escravo foi
programado repetidamente e que não há como escapar de seus ‘olhos que
tudo vê’, então é fácil ver porque tantos escravos aquiescem e apenas
cumprem.”
–  Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave
No canto inferior esquerdo, vemos uma inscrição dizendo: “Eles vêem” com um
 olho assustador no meio. Quem são “eles”? Talvez o símbolo bem próximo a ela tem
 a resposta: Um olho dentro de um triângulo, símbolo dos Illuminati.
Enquanto B.O.B. está pulando em
sua cela, alguns companheiros hostis, que não parecem ser os cuidadores,
marcham a sua procura em direção a sua cela. No centro deles, um cara
mal-encarado do tipo Josef Mengele parece pronto para programar o
rapper.
Parecendo um cientista louco e sádico, o homem no meio traz a B.O.B. uma camisa de
 força. Ele está acompanhado por quatro agentes vestidos com equipamento anti-motim.
Neste ponto, deve ficar claro
que B.O.B. não é de uma instituição de saúde mental comum. Ele está no
local de programação, dirigido por “cientistas” de alto nível e agentes
governamentais fortemente armados. Como visto em artigos anteriores,
normalizar agentes policiais anti-motim também faz parte da Agenda.
B.O.B. é tomado à força a um lugar, provavelmente, para ser abusado
 e torturado pelo cientista assustador que está olhando friamente por trás.
É claro que o vídeo cobre a
realidade obscura por trás disso, fazendo isso aparecer engraçado e
sexy! Portanto, as ferramentas utilizadas para torturar B.O.B. são
trazidas por enfermeiras com roupas que … não seriam permitidas.
Enquanto a programação Monarca é atrozmente cruel, vídeos como esse tornam o conceito
 trivial e até mesmo inconscientemente positivo para os jovens espectadores desavisados.
As letras de B.O.B. no primeiro
verso se referem a ele estar sendo avaliado por “eles” e até mesmo
nomeia-se técnicas de controle mental clássicas. Aqui está parte delas:

“Meu cérebro está de férias, eles estão me dizendo
E eu sou bi-polar gravíssimo
E eu preciso de medicação, aparentemente
E alguma terapia eletrocompulsiva “
O objetivo principal do controle
mental é traumatizar severamente vítimas para suficientemente  levá-las
a se dissociar completamente da realidade. Uma vez que isso for feito,
manipuladores poderão programar novas alter personas no “quadro
em branco” que seu cérebro se tornou. Enquanto dissociados, os escravos
MK ficam literalmente “fora de controle”. No verso de B.O.B., a frase
“Meu cérebro está de férias, eles estão me dizendo” descreve bem um
escravo MK que tem se dissociado da realidade. As linhas “E eu preciso
de medicação, aparentemente / E alguma terapia eletrocompulsiva”
referem-se a duas importantes técnicas de controle mental: o uso de
drogas (“medicação”) e tortura com eletrochoque.
“Outro componente básico do programa Monarca é bastante eletrochoque. Armas de choque, com equipes com aguilhões eléctricos de gado escondidos e
cassetetes elétricos são frequentemente usados ​​em escravos.
Eletrochoque é usado para criar a dissociação do trauma durante a
programação, e depois é usado para remover lembranças após o escravo
levar a cabo uma missão, ou para instilar o medo e a obediência de um
escravo relutante. Escravos geralmente carregam memórias horríveis no
corpo de excruciante torturas de eletrochoque por todo o corpo. Quando
os escravos iniciarem um processo terapêutico de desprogramação irão
recuperar essas lembranças terríveis, para não mencionar muitas outras
lembranças dolorosas.”
– Ibid.

Como que para enfatizar a importância
dessa técnica na música, ouvimos um efeito sonoro de eletrochoque
durante  o verso de B.O.B. – um som que provavelmente aterroriza as
vítimas MK reais.

Veja depoimentos de Vítimas de Controle Mental Monarca.

Dr. Minaj
A próxima parte do vídeo é a
“avaliação psíquica” de B.O.B., realizada pela “Dr.” Minaj. Nós logo
percebemos que ela não está lá para ouvir sobre os sentimentos de
B.O.B., mas sim para a prática de uma técnica que é amplamente empregada
por manipuladores de controle mental: para humilhar, insultar e
diminuir as vítimas para continuar seu trauma. Minaj começa a falar mal
de B.O.B. e de sua carreira, fazendo o rapper a chegar perto de soltar
lágrimas. Nesse trecho, ela ridiculariza uma das músicas de sucesso de
B.O.B., “Shooting Star”:

“Agora podemos fingir que aviões nos céus noturnos
São como estrelas cadentes (shooting stars)?
Bem, você vai realmente precisar de um desejo agora
Quando meus capangas entrarem e começarem a lhe atirar estrelas”

Claro que, na programação real, os manipuladores são muito mais cruéis, sádicos e maldosos, mas o conceito básico está presente.
Minaj então entra em modo de stripper e nos dá uma dica para o fato de que ela mesma pode estar sob controle mental.
Dr. Minaj remove seu casaco branco para revelar uma roupa sexy com uma estampa
 proeminente de leopardo. No controle mental, estampas felinas são usadas ​​para identificar
 uma Sex Kitten – produtos da programação Beta. O comportamento stripper de Minaj 
confirma ela ser uma sex-kitten.
Tem sido relatado que os manipuladores MK estão muitas vezes sob controle mental e essa cena parece descrever esse fato.
No fim de seu verso, Minaj diz:

“Você sabe, eu me formei em Summa Cum Laude
É por isso que eles estão pensando que sou Illuminati”

É bastante estranho se referir a esses
“boatos Illuminati” enquanto ela está fazendo o papel de um escravo MK /
manipulador de controle mental em um vídeo promovendo a programação
Monarca. Além disso, ninguém, mesmo com um pouco de conhecimento
acredita que Nicki é “parte dos Illuminati”. Em vez disso, ela é uma dos
vários peões utilizados pela indústria para promover uma agenda…e ela
provavelmente será logo liberada assim que sua popularidade se for,
como centenas de outras estrelas pop antes dela.
No que parece ser um momento de lucidez, Minaj se oferece a livrar B.O.B. de seus grilhões. Seu alter manipulador no entanto parece voltar atrás e ela sai da sala um pouco confusa e envergonhada.
Julgamento
Após seu encontro com a estranha Dr. Minaj, B.O.B. é levado ao conselho de liberdade condicional.
B.O.B. entra no quarto empurrado por um cara da polícia, altamente armado, e com
 a cabeça coberta por isso ele não sabe onde ele está. Eu tenho certeza que eles não fazem
 isso em instituição mental regular. No entanto, manter as vítimas confusas e no 
escuro é uma tática comum usada na programação Monarca.
Enquanto B.O.B. canta seu  rap
antes do conselho de liberdade condicional, uma juíza fica dando bola
para B.O.B., pedindo-lhe para ligar para ela. Sim crianças, ser um
escravo MK é muito atraente.
O vídeo termina com B.O.B. Minaj
e parecendo perdidos e confusos, perguntando repetidamente “Se eu estou
aqui … e você está lá … e eu estou aqui … e você está lá”. Hmm,
eles estão confusos sobre quem são eles? Sobre suas personalidades, a
alter e a original? É assim que os escravos MK sentem-se. B.O.B. então
sussurra para Minaj: “Shhh … eles podem estar ouvindo”.
Conclusão
À primeira vista, “Out of My
Mind” parece ser uma canção divertida sobre estar doido, mas um olhar
mais atento à letra e ao vídeo revela que, na verdade, refere-se a
aspectos extremamente específicos de Controle Mental Monarca. Quando
esse fato passa a ser conhecido, a música pára de repente de ser
divertida e se transforma em um caso perturbador de normalizar e exaltar
a prática cruel que é o controle mental. Vemos e ouvimos referências ao
trauma, dissociação, ser drogado, eletrocutado, espancado por agentes
do governo e até mesmo manipulados por manipuladores. Apesar de tudo
isso soar horrível escrito, rimas cativantes e enfermeiras sensuais
fazem a pílula ficar fácil de engolir para os jovens espectadores que
provavelmente saltam gritando “Eu estou fora de controleeeee!”.
No final, “Out of My Mind” é
mais um exemplo da Agenda da elite sendo comercializada para os fãs de
música mais jovens. O controle mental é muito utilizado pela elite para
manter uma fortaleza em várias áreas do poder, particularmente na
indústria do entretenimento. Embora nem todos os artistas pop sejam
vítimas de controle mental, a maioria já assinaram contratos, o que as
tornam peões da elite ocultista, e os forçam a abrir mão do controle de
suas criações criativas. Enquanto os rappers costumavam falar de “luta
contra o poder” e “representar as ruas”, eles agora são vistos nas
celas, confusos, e abusados por policiais e cientistas loucos, falando
sobre serem eletrocutados. A indústria da música foi sequestrada,
pessoal … e enquanto vídeos como esse podem tornar óbvio para alguns, a
maioria vai apenas rir e dizer: “Você está fora de controle”.
Fonte: VC

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Macron avisa que anunciará seu próprio plano de paz se Trump demorar

Emmanuel Macron e Donald Trump. (Foto: Getty Images) Se o presidente dos EUA, Donald Trump, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.