Principal / Uncategorized / O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?


                          O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem? (Fonte da imagem: Thinkstock)

Existem evidências que sugerem que um processo de inversão dos polos
magnéticos da Terra está em pleno andamento, e muita gente acredita que
esse evento poderia desencadear uma série de efeitos cataclísmicos.

Entre as catástrofes mais mencionadas está o deslocamento dos
continentes, a ocorrência de violentos terremotos, a extinção de
milhares de espécies e o acentuado câmbio climático. Centenas de
inversões já ocorreram no nosso planeta, e a última delas teve lugar há
780 mil anos, mas será que elas realmente desencadeiam todos esses
desastres?

Troca-troca

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?
(Fonte da imagem: Thinkstock)

De acordo com o site Life’s Little Mysteries,
a troca de polos — quando o sul muda de lugar com o norte — acontece
quando agrupamentos de átomos presentes no ferro fundido do núcleo da
Terra sofrem um realinhamento. Pouco a pouco esses agrupamentos (que
funcionam como pequenos ímãs) vão aumentando de tamanho, influenciando o
restante do núcleo e provocando a inversão do campo magnético.

Contudo, conforme explicaram alguns cientistas ao site, o processo de
inversão demora entre mil e 10 mil anos para ocorrer, isso quando não
acaba sendo “abortado” no meio do caminho. Um dos efeitos mais
dramáticos seria o forte enfraquecimento do campo magnético um pouco
antes da troca, o que tornaria a Terra mais vulnerável à radiação
resultante de eventuais tempestades solares.

Camada de ozônio e tecnologia sob ataque

 O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem? (Fonte da imagem: Thinkstock)

As partículas emitidas pelo Sol poderiam interagir com a atmosfera
terrestre, desencadeando uma série de reações químicas que resultariam
em buracos na camada de ozônio. que, por sua vez, resultariam em vários
problemas para os humanos. Na opinião de alguns pesquisadores, processos
como esse podem ter provocado o desaparecimento de várias espécies,
entre elas os Neandertais. Por outro lado, muitos cientistas acreditam
que a maioria de nós sequer perceberia um enfraquecimento no campo
magnético.

Entretanto, embora seja provável que os humanos não percebam muito o
enfraquecimento dos campos, nossa tecnologia sofreria terrivelmente. Com
a Terra mais vulnerável às tempestades solares, satélites, sistemas de
telecomunicações e redes de energia acabariam danificadas, e isso sim
afetaria as nossas vidas. E muito!

Deslocamento continental

Talvez um dos piores cenários se apresentaria se os continentes
realmente se deslocassem graças à inversão dos polos magnéticos.
Contudo, de acordo com os registros geológicos da última troca, não
existem evidências de que desastres planetários ou movimentos
continentais tenham ocorrido em decorrência do evento.

Aliás, o processo seria tão lento — além de envolver uma dinâmica
completamente diferente da relacionada com a tectônica de placas — que
seria praticamente impossível que os continentes acompanhassem a mudança
de lugar entre os polos da Terra.

Inversão iminente

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem?

O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem? (Fonte da imagem: Thinkstock)

De acordo com os cientistas, o campo geomagnético vem mostrando
crescentes sinais de enfraquecimento durante os últimos 160 anos,
provavelmente devido a um agrupamento de átomos de ferro localizado bem
debaixo de nós, aqui na região do Atlântico Sul e do Brasil. As
evidências despertaram uma série de especulações sobre a possibilidade
de que ocorra uma inversão magnética total, mas ninguém sabe dizer se
ela realmente vai acontecer ou não.

De qualquer forma, não existe motivo para pânico. Além de todos os
estudos assegurando que o mundo não vai acabar por causa disso, a
humanidade terá milhares de anos para se ajustar às possíveis
consequências do processo.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

Um comentários

  1. "acontece quando agrupamentos de átomos presentes no ferro fundido do núcleo da Terra sofrem um realinhamento." – Já cumeçou irrado por aí…

    A terra é oca! Veja a meior expricassaum ki encontrei sobri issu: http://resetandobrain.blogs.sapo.pt/22558.html

    Desinformadores estaum por toda parti. Cuydadu cum suas fontes. Paiz e Felyz Anu Novu pro cê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *