Principal / Uncategorized / Rui Raiol, o profeta trapalhão, responde as acusações (a culpa foi de Deus…)

Rui Raiol, o profeta trapalhão, responde as acusações (a culpa foi de Deus…)

“Os pastores José Wellington e Silas Malafaia venceram a eleição da CGADB, o que é da ciência de todos. Com isto, tivemos estabelecida a vontade de Deus para esse pleito.


Como sabemos, a vontade de Deus é entendida em seus aspectos DIRETIVO e PERMISSIVO. Temos, no mínimo, a permissão do Altíssimo para qualquer fato que ocorra debaixo do sol. Se Deus QUERIA que fosse assim (vontade diretiva), não sabemos. Que, todavia, PERMITIU o resultado, temos um fato inegável.

Vemos que Jesus mesmo viveu esse quadro. De modo algum o Pai iria QUERER que seu Filho fosse brutalmente morto na cruz.” – Rui Raiol

O mega profeta super sayadin nível quatro Rui Raiol, que profetizou a vitória antecipada do pastor Samuel Câmara nas eleições para a presidência da CGADB – órgão máximo das Assembléias de Deus – escreveu uma carta justificando-se da profetada ao vivo, em seu programa de rádio.

Ele começa a nota de “esclarecimento” (esclareceu algo?) dizendo que foi da vontade de Deus que o pastor José Wellington e Silas Malafaia vencessem esse pleito, porém acrescenta que a vitória ocorreu dentro da vontade permissiva de Deus, não da sua vontade diretiva.

Para justificar sua exegese acerca do tema “vontade diretiva e permissiva”, ele afirma que de modo nenhum o Pai quis que Jesus morresse na cruz, o que é no mínimo estranho. É mais ou menos como dizer que, sabendo que a morte de Cristo era a única forma de salvar-nos, o Pai quiabou, mas foi coagido pelo Filho em completar a redenção, salvando-nos contra a própria vontade. Muito estranho tudo isso…

Particularmente, eu sempre delatei como heresia essa história de vontade permissiva e perfeita vontade de Deus. Creio que tal coisa fere a soberania divina. Sei que existe uma teologia covarde, proposta pelos advogados de Deus que, comovidos pelo progresso do mal no mundo, propõem um Deus de vontade dúbia como solução para esse dilema moral. Eu? Prefiro acreditar no Kyrios Despotes do que no Deus dos Gondins, Kvits e Raióis da vida…

O pastor Raiol escreveu uma nota “meia-boca” no intuito de por fim ao episódio, mas não voltou atrás na sua profetada. Antes, acabou jogando indiretamente a culpa em Deus, por não ter suficiente poder para cumprir sua vontade, colocando no trono ao pastor Samuel Câmara. Sim, gente! A culpa foi de Deus, e não do pastor Raiol. O Ruizão profetizou certo, mas Deus – com braço frouxo e muita má vontade – não conseguiu cumprir seu intento e colocar o seu ungido, Samuel Câmara, no comando da CGADB.

Bem diz a bíblia, acerca da motivação dos falsos profetas:

Sabe que, quando esse profeta falar em nome do Senhor, e a palavra dele se não cumprir, nem suceder, como profetizou, esta é palavra que o Senhor não disse; COM SOBERBA FALOU o tal profeta; não tenhas temor dele. Dt 18.22

Que Deus nos ajude a ter os olhos e ouvidos bem atentos, e não ceder ante a malícia desses que pervertem a fé! Discernimento, igreja… Discernimento!

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *