Principal / AGENDA PREDITIVA ILLUMINATI / O Ex-Namorado de Ariana Grande foi Assassinado?

O Ex-Namorado de Ariana Grande foi Assassinado?

A morte do ex-namorado de Ariana Grande, Mac Miller, aconteceu em circunstâncias estranhas e foi precedida de muito simbolismo sombrio. Mac Miller foi morto pela indústria da música Illuminati? 

Mac Miller foi encontrado desacordado num quarto de sua casa em San Fernando Valley no dia 7 de setembro. As autoridades foram alertadas por um amigo que fez uma ligação para o 911 da casa de Mac. Os atendentes de emergência receberam um chamado para um paciente com parada cardíaca, e Mac foi declarado morto no local. Logo depois, surgiram relatos de que Mac foi morto por overdose. 
Muitos devem pensar: “Bem, Mac Miller usava um monte de drogas, então não estou surpreso que tenha tido uma overdose”. Certo. No entanto, antes de gritar “caso encerrado” sobre essa morte prematura, vamos analisar alguns fatos que a cercam.
Para começar, por que a casa de Mac Miller foi “varrida” antes da investigação policial? O NY Post relatou:
Mac Miller deixou poucas evidências de sua aparente overdose fatal, segundo um relatório.

As autoridades encontraram apenas uma pequena quantidade de pó branco quando vasculharam a casa do falecido em San Fernando Valley, na Califórnia, na sexta-feira, disseram fontes ao site TMZ, acrescentando que a residência foi possivelmente “varrida” depois de conversar com testemunhas.


Uma busca por garrafas de comprimidos ou apetrechos de drogas não resultou em nada, disseram as fontes ao site.

– NY Post, Mac Miller’s home reportedly cleaned before cops could investigate

Isso levanta um sinal de alerta aí.
No entanto, o que a mídia fez depois da morte de Miller foi falar sobre Ariana Grande… novamente.
Dangerous Woman

Exatamente uma semana antes da morte de Mac Miller, Ariana Grande foi o foco principal do funeral de Aretha Franklin… pelas razões erradas. Um ano antes, o atentado de Manchester ocorreu em um de seus shows. Parece que a morte a segue. Claro, nada disso é culpa dela. Ela tem sido um peão da indústria desde que era criança e faz o que seus manipuladores lhe dizem para fazer.

Na mídia, Mac Miller era conhecido como o ex-namorado de Ariana Grande e muitos a culparam por sua morte. Alguns dizem que, desde sua separação, Miller estava deprimido e que ele estava ainda mais propenso ao abuso de drogas do que o habitual. Obviamente, poucos realmente sabiam sobre a natureza da relação entre Mac Miller e Ariana, e o que aconteceu dentro da cabeça do rapper depois. Uma coisa que sabemos é que Ariana Grande tem sido, nos últimos anos, uma das maiores estrelas pop do mundo e uma grande peoa da indústria. Tudo sobre ela é rigidamente controlado e ela tem sido usada para encenar todo tipo de drama da elite oculta. 

Visto que está sendo constantemente usada para fins de agenda de elite oculta, Ariana Grande tem sido objeto de vários artigos neste site. Recentemente, seus vídeos foram sobre o controle mental monarca e ela se tornando uma deusa através da Magia Sexual. Fato interessante: o álbum de Mac Miller de 2016 – criado depois que ele conheceu Ariana – foi chamado de “The Divine Feminine”. Foi uma alusão ao status de “deusa” de Ariana?

Pete Davidson – atual noivo de Ariana Grande – parece cair no mesmo “padrão” de Miller. Sua relação com Ariana parece ser muito “consumidora”, pois mostra todos os sinais de um usuário pesado de drogas.

Pete Davidson usa uma camisa promocional do álbum de Ariana Grande 
com a imagem dela de cabeça pra baixo (simbolismo oculto aí). Seu cabelo 
está descolorido: isso é às vezes um sinal de controle mental da elite oculta.

Então, embora não possamos culpar Ariana Grande diretamente pela morte de Mac Miller, esse relacionamento fez o rapper adentrar o lado mais sombrio da indústria da música. E, desde então, o simbolismo associado a ele ficou muito “Illuminati”.

Simbolismo Profético

Como em eventos bizarros relacionados à elite oculta, a morte de Mac Miller foi precedida por simbolismo sombrio. Para começar, esta é a última foto postada na conta do Instagram de Mac Miller, um dia antes de sua morte.

Mac Miller escondendo um olho.

Como os leitores deste site já sabem, isso é um sinal de “submissão” à indústria do entretenimento da elite oculta. O fato de que isso foi postado antes de sua morte (provavelmente não por ele) é bastante estranho.

O NY Post usou esta foto para “lembrar” de Mac Miller.
Ariana Grande vem fazendo isso há anos.

Miller também postou um story no Instagram onde vemos um toca-discos tocando sua música “So It Goes”, que apresenta a letra: “Nove vidas, nunca, morrem, f*** o céu, eu ainda estou me drogando”.

Um print do último stordo Instagram de Miller.

A expressão “So It Goes” (Assim vai) foi popularizada pelo clássico romance de Kurt Vonnegut, “Slaughterhouse Five”, onde o narrador dizia “assim vai” após a morte de cada personagem.

Ainda mais estranho é o simbolismo encontrado no último vídeo de Mac Miller “Self Care”, dirigido pelo fotógrafo Christian Weber.

A primeira cena é inspirada em uma cena do filme “Kill Bill II”.

 Em “Self Care”, Mac Miller é enterrado vivo.

Mac então acende um cigarro e começa a esculpir o topo do caixão de madeira.

Ele esculpe as palavras “Memento Mori”,
 que no latim significa “lembrar a morte”. 

“Memento Mori” é definido como a “teoria e prática da reflexão sobre a mortalidade” e pode ser encontrado em múltiplas culturas ao longo da história.

Memento Mori – lembre-se que você também morrerá um dia.
“Memento Mori lembre-se de morrer”, xilogravura de 1640,Folger Shakespeare Library, Washington DC.
Um anel maçônico. Esse conceito de “Memento Mori” é extremamente importante na Maçonaria.

Depois de esculpir “Memento Mori”, Mac Miller dá um soco no círculo que esculpiu e sai do caixão, que foi enterrado sob uma pilha de terra.

Mac Miller sai da pilha de terra.

Embora pareça que Mac saiu vitorioso desse evento traumático, as coisas ficam ruins novamente. 

Embora Miller se levante, tudo ao seu redor explode em câmera lenta, arremessando-o para o alto.

Mac achou que poderia escapar da morte, mas não conseguiu e, cerca de dois meses após o lançamento desse vídeo final, ele realmente morreu.

Esse vídeo profético é uma reminiscência do vídeo póstumo de XXXtentacion “SAD!”, em que o rapper assiste ao seu próprio funeral. Sua morte também foi cercada por eventos bizarros.

Em seu último vídeo “SAD!”, XXXtentacion examina seu próprio corpo morto. 

Conclusão

Carl Jung descreveu o conceito de sincronicidade como “eventos que são ‘coincidências significativas’ sem relação causal, mas parecem estar relacionados de forma significativa”. Esses eventos geralmente acontecem em um nível muito íntimo e pessoal. No entanto, no caso do mundo obscuro e distorcido da elite oculta, que está empenhada em criar mega-rituais e sacrifícios de alto gabarito, eventos sincronísticos podem ser testemunhados pelo mundo todo.

Como visto acima, tudo relacionado a Mac Miller nas últimas semanas aponta diretamente para a morte. Foi tudo uma coincidência? Ou as pessoas da indústria ao seu redor sabiam que sua hora estava chegando? Ele caiu nas más graças da indústria? Ele sabia demais? Ele era suicida… ou ele “foi suicidado”?

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

O Casamento de Kat Von D foi Um Ritual da Elite Oculta

O casamento de Kat Von D com Rafael Reyes foi descrito como um “país das …

2 Comentários

  1. Parabéns pelo trabalho.
    Sempre curto o site.

  2. *=TODA A POLÍTICA JAZ EM SATANÁS=*
    *=A DIREITA É SATÂNICA E A ESQUERDA É DEMONÍACA=*
    Na verdade, a direita e a esquerda são ambas controladas por SATANÁS e dessa forma ambos os lados trabalham para o mesmo fim e partilham do mesmo objetivo: PODER E CONTROLE DO ANTICRISTO 666 QUE DOMINARÁ O BRASIL E TODO O MUNDO!

    *“Não declines NEM PARA A DIREITA NEM PARA A ESQUERDA; retira o teu pé do mal.”*

    Provérbios 4:27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.