Principal / Uncategorized / O PNDH-3 — Criação de uma Ditadura Marxista no Brasil?

O PNDH-3 — Criação de uma Ditadura Marxista no Brasil?

Sinopse:
Este projeto é um excelente exemplo de Dialética Hegeliana e
novilíngua. Direitos humanos, nesse projeto, significam qualquer coisa
que o governo queira que signifiquem e servem como desculpas para
revisar todas as leis, censurar toda a mídia, confiscar a propriedade
privada e abolir a liberdade de expressão. Com uma canetada, Lula quer
implementar a revolução marxista que até aqui escondeu do povo
brasileiro.


(À esquerda, o presidente Lula, do Brasil, e Raul Castro, de Cuba.)

Durante os feriados de fim de ano, enquanto os
brasileiros descansavam e esperavam a chegada do Ano Novo, o presidente
Lula e sua equipe de ex-terroristas esquerdistas e ex-assaltantes de
banco, agora ministros de Estado, elaboraram e assinaram um projeto de
lei que poderá transformar o Brasil em uma República Soviética.
Em um excelente exemplo de Dialética Hegeliana e
novilíngua, o projeto tenta instituir um “Programa Nacional de Direitos
Humanos”, o Decreto 7037, de 21/12/2009. Direitos humanos, nessa lei,
significam qualquer coisa que o governo queira que signifiquem e servem
como desculpas para revisar todas as leis, censurar toda a mídia,
confiscar a propriedade privada e abolir a liberdade de expressão. Com
uma canetada, Lula quer implementar a revolução marxista que até aqui
escondeu do povo brasileiro.
No Brasil, tivemos um governo militar no período de
1964 a 1985. O golpe militar impediu que o Brasil caísse nas mãos do
comunismo internacional. Dentre todos os regimes militares na América
Latina, o brasileiro foi o mais brando. A maioria das pessoas se lembra
desse período como uma época de paz e tranquilidade. O Brasil se
desenvolveu muito, crescendo a uma taxa de mais de 10% ao ano.
Entretanto, houve um remanescente de terroristas e
guerrilheiros comunistas no país. Eles assaltavam bancos, matavam
pessoas inocentes a sangue frio e colocavam bombas em locais públicos.
Um grupo muito pequeno foi exilado, uma porção ainda menor foi presa, e
alguns poucos foram torturados.
Essas são as pessoas que estão no poder agora, e elas
querem revanche. Lembre-se que este é o país em que bilhões de dólares
foram dados como indenização a pessoas que se sentiram ligeiramente
prejudicadas pelos militares. Um homem que perdeu a perna em um ataque à
bomba dos comunistas recebeu uma pensão de 150 dólares por mês. O
terrorista que explodiu a bomba recebeu 200 mil dólares como
“reparação”.
O governo quer transformar a oposição terrorista e marxista em uma irmandade de santos. Entre as ações no projeto estão:
  • A revisão de todos os “crimes” cometidos
    pelos militares, porém uma total anistia para todos os ataques
    terroristas, assassinatos e assaltos perpetrados pela esquerda.
  • Exclusão dos nomes dos militares envolvidos no governo de todos os locais públicos.
Há um forte ataque ao agronegócio e apoio ao
movimento revolucionário marxista do MST (Movimento dos Sem-Terra), a
maior parte do qual é formado por ativistas profissionais que não
saberiam como plantar um pé de cenoura se suas vidas dependessem disso.
Essa organização criminosa, que invade fazendas, mata o gado, mata
pessoas, e destrói tratores e as plantações, é financiada pelas
Organizações Não-Governamentais com dinheiro público.
  • Criação de “sovietes”, ou comitês maoístas,
    para julgar todas as invasões de propriedades com relação aos “direitos
    humanos”, antes que o Judiciário possa fazer alguma coisa.
  • O ato da invasão automaticamente muda o status de propriedade da terra.

Ações de Lavagem Cerebral Também Estão Incluídas:

  • Revisão dos livros das escolas primárias de acordo com os “direitos humanos”, a partir da perspectiva do governo.
  • Financiamento de estudos, materiais
    didáticos, pesquisas e instituições que endeusem a esquerda durante o
    período da ditadura militar.
  • Instituição da matéria Educação Moral e Cívica em Direitos Humanos em todas as escolas.
  • Revisão do currículo das academias militares de acordo com a perspectiva dos Direitos Humanos (para destruir as Forças Armadas).

Engenharia Social:

  • Proteção às prostitutas e aos “quilombolas”
    (uma pessoa que simplesmente declare ser descendente de escravos poderá
    ter a posse da terra onde o antepassado escravo supostamente viveu).
  • Imposição do casamento entre pessoas do mesmo sexo, leis para o aborto e adoção de crianças por casais homossexuais.
  • Proibição da exibição de símbolos religiosos (como os crucifixos) nos edifícios públicos.

Censura:

  • Criação de um comitê para julgar as
    concessões públicas das empresas de comunicação de acordo com o padrão
    dos “direitos humanos”.
  • Censura dos programas que desrespeitem os “direitos humanos”.
  • Criação de uma classificação das publicações e programas na mídia pela forma como seguem os direitos humanos.
  • Incentivo para toda a produção de mídia que glorifique a resistência da esquerda durante o período da ditadura militar.
O projeto ainda não foi aprovado pelo Congresso.
Entretanto, até aqui, quase todos os projetos presidenciais foram
aprovados de alguma forma, devido à corrupção.

Conclusão

Pode-se imaginar que o povo estaria nas ruas. Não, o
pacífico, dócil e ingênuo povo brasileiro está adormecido. Lula tem um
filme sobre sua vida, uma peça de propaganda no estilo de Minha Luta,
em exibição em 500 cinemas. Propaganda política desse tipo é proibida. O
filme foi financiado por um grupo de empresas, todas as quais foram
beneficiadas grandemente por empréstimos e concessões por parte do
governo. Agora, os sindicatos marxistas vão começar a pagar para que as
pessoas vão aos cinemas para assistir ao filme.
Como escrevi anteriormente em outro artigo, Lula
vendeu o Brasil à Nova Ordem Mundial. Ele foi escolhido pela imprensa
francesa como “Homem do Ano”. Agora, ele está pronto para dar o golpe de
misericórdia e trair seu próprio país. O mundo precisa saber e
compreender que tipo de homem ele é.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Macron avisa que anunciará seu próprio plano de paz se Trump demorar

Emmanuel Macron e Donald Trump. (Foto: Getty Images) Se o presidente dos EUA, Donald Trump, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.