Principal / ILLUMINATI / Um Movimento Massivo para derrubar o lider illuminati George Soros explode na Macedônia

Um Movimento Massivo para derrubar o lider illuminati George Soros explode na Macedônia

Uma importante nova iniciativa chamada Stop Operation Soros – SOS (Pare a Operação Soros), um movimento dedicado a parar as maléficas maquinações do colaborador nazista e bilionário, George Soros, está deslanchando na Macedônia.

Os fundadores da SOS chamaram cidadãos ao redor do mundo para “lutar contra a mentalidade tacanha [presente] no setor civil, que é delineada e comandada por George Soros.” O movimento foi criado para expor as atividades subversivas de todas as organizações de George Soros. A Hungria também está se movendo para reprimir as organizações financiadas por Soros, banindo-as do país.

O movimento Stop Operation Soros começa na macedônia

RT, 19 Jan 2017 15:36

Uma nova iniciativa, Stop Operation Soros – SOS, dedicada a combater a influência do ativista bilionário George Soros foi lançada na Macedônia.

Numa coletiva de imprensa na terça-feira, os fundadores do grupo convidaram a todos os “cidadãos de bem”, independentemente de etnia ou religião, para se juntarem a eles na “guerra contra a mentalidade tacanha no setor civil, que é delineada e comandada por George Soros”, reportou o jornal Vecer. O movimento diz que primeiro irá focar em expor as atividades ‘subversivas’ das ONGs financiadas por Soros.

De acordo com Nikola Srbov, um colunista do portal pró-governo Kurir e co-fundador do SOS, as ONGs financiadas por Soros monopolizaram a sociedade civil na Macedônia e usaram a sua posição para suprimir opiniões divergentes.

Nós presenciamos a conquista de todo o setor civil e o seu uso indevido e instrumentalização para atender aos objetivos de um partido político. Isso é inaceitável e vai além dos princípios de organização cívica,disse Sborv, na coletiva de imprensa.

A Open Society Foundation, operando sob o comando de Soros, usou seus fundos para apoiar operações violentas na Macedônia. Ela monopolizou as organizações da sociedade civil, expulsando qualquer uma que discorde da ideologia de Soros” ele afirmou.

Um outro co-fundador, Cvetin Cilimanov, editor-chefe da agência de notícias estadual, MIA, acusou a Open Society Foundation de Sorors de minar a soberania Macedônica ao trabalhar com o partido de oposição de centro-esquerda SDSM, e também com interesses externos. Ao cooperar com embaixadas estrangeiras e organizações como a USAID, Climanov acredita que grupos financiados por Soros tenham interferido no processo político da Macedônia.

Isso é inaceitável e contribuiu bastante para uma opinião pública de que as relações tradicionais de parceria que a Macedônia possuía com alguns países está sendo minada,” Climanov disse aos jornalistas.

Um terceiro fundador da iniciativa e editor-chefe do portal de notícias Republika, Nenad Mircevski, declarou que o grupo trabalhará com o intuito de “de-Soros-ização” da Macedônia, ecoando um discurso feito pelo antigo primeiro ministro e líder do partido governante VMRO-DPMNE, Nikola Gruevski, em dezembro. No discurso, Gruevski acusou forças externas e organizações bancadas por Soros de interferir na política macedônia.

Membros da oposição tem expressado preocupação em relação a retórica usada por Gruevski, temendo o começo de medidas severas contra grupos dissidentes e de defesa de causas específicas.

A Open Society Foundation (OSF) foi criada pelo húngaro Geoge Soros entre o meio dos anos 80 e começo dos 90 com a intenção de ajudar antigos países do bloco do leste a se libertar do comunismo. No entanto, além do seu apoio a causas progressistas como reforma da política antidrogas, a OSF também esteve envolvida em atividades políticas e Soros publicamente apoiou a deposição violenta do governo legitimamente-eleito na Ucrânia durante a revolução “Euromaidan”. Isso lhe garantiu a ira das autoridades russas, que em 2015 baniram Soros e suas organizações como uma ameaça a segurança nacional.

Soros e suas fundações tem sido criticadas em outros lugares também. Em uma entrevista com o portal da internet 888.hu em dezembro, o primeiro ministro húngaro, Viktor Orban, disse que 2017 traria a “extração de George Soros e das forças por ele simbolizadas”. Orban acusou Soros de minar as fronteiras e valores europeus ao ajudar a facilitar o fluxo de refugiados e asilados do Oriente Médio e de outros lugares. Durante uma sessão de perguntas do Reddit, Julian Assange, do WikiLeaks também esculhambou o Organized Crime and Corruption Reporting Project (Projeto de Denúncia de Crime Organizado e Corrupção), fundado por Soros, por focar “exclusivamente em matérias negativas sobre a Rússia e estados da antiga União Soviética.

[*] Pamela Geller. “Stop Operation Soros (SOS): Massive Movement To Overthrow George Soros Explodes In Macedonia”. Geller Report, 22 de Janeiro de 2017.

Tradução: Ana Luiza

Revisão: Rodrigo Carmo

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Como se tornar um Illuminati

por Fernando Ramos Quem pode aderir aos Illuminati?  Qualquer pessoa pode participar do Illuminati. Mas, …

5 Comentários

  1. Mais um grande engano preparado pelos próprios poderosos para encobrir seu real objetivo: levar o Anticristo 666 ao poder global, o qual PODERÁ ser o presidente Trump.
    “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Esse mesmo é o anticristo, esse que nega o Pai e o Filho.
    Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; aquele que confessa o Filho, tem também o Pai.
    Portanto, o que desde o princípio ouvistes, permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também vós permanecereis no Filho e no Pai.
    E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.
    Estas coisas vos escrevo a respeito daqueles que vos querem enganar.”
    1 João 2:22-26

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *