Principal / CÓDEX MÁGICA / CODEX MÁGICA: ”V” de vitória…para o diabo – Winston Churchill e outros sacerdotes druidas e Servos Illuminati – capítulo 25

CODEX MÁGICA: ”V” de vitória…para o diabo – Winston Churchill e outros sacerdotes druidas e Servos Illuminati – capítulo 25

A coisa mais notável ocorre com a mão que é levantada em ”V”, é que sua sombra se assemelha à cabeça e os chifres do bode Baphomet … o símbolo da magia negra. – The Complete Book of Witchcraft(O Livro Completo de Bruxaria)

O que você ”V” ???

Na lendária Grã-Bretanha da Segunda Guerra Mundial, o primeiro-ministro, Sir Winston Churchill, sinalizava famoso “V”. Era padrão para o fumante de charutos, e político barrigudo; ele mostrava o sinal de “V” sempre que podia, e notíciários e fotógrafos capturaram centenas de fotografias de Churchill em que ele dá o sinal. Geralmente ao fazê-lo,  Churchill se mostrava combativo, estava sinalizando confiança na eventual vitória sobre o inimigo nazista através dos meios de mídia. E foi assim, o sinal de dois dedos apontados para cima em um “V” aberto se tornou universalmente aceito como um sinal para a vitória.

Sinal dos deus chifrudo , Pan

 
 

Mas o que a maioria das pessoas acreditam ser a sabedoria convencional, cultura popular, é muitas vezes errado, pois foram condicionadas a aceitarem tais coisas sem questionarem sua origem, seu significado. Tal é o caso aqui também, pois este sinal, na realidade, é de origem muito antiga. É, de fato, um sinal de Satã, de maldição, do chifrudo deus Pan, e pior a revista Paranóia Magazine, uma publicação interessante que se apresenta como edição para “o leitor de conspiração” tinha uma imagem há alguns anos atrás de Churchill exibindo o  ”V”. Um leitor astuto conhecedor das coisas obscuras escreveu uma carta ao editor da revista na edição seguinte comentando sobre Churchill e seu famoso sinal.  Nigel A. Cornwall da Grã-Bretanha, escreveu:

“O sinal que eu acredito que tem suas origens como um símbolo para um pagão deus chifrudo. “

Cornwall também sugeriu que, quando o sinal é dado com a palma da mão para dentro, ele é reconhecido como um horrivelmente vulgar e ofensivo penetração de ambos os orifícios do corpo, significando gesto feito no estilo típico, este sinal significa, literalmente, que na relação sexual a mulher é violada sexualmente pelo chifres do deus diabo. O polegar pressionando os dedos forma a “vulva”, enquanto os dois maiores dedos apontados para cima são os chifres do deus Pan(Satanás).

 

A Lei dos Opostos

 Em sua ltamente considerada enciclopédia de símbolos maçônicos e direito , a ”Occult Symbols Illustrated”, o Dr. Burns explora o significado do sinal de “V”. Ela explica que os dois dedos para cima se relacionam com a Maçonaria e Lei gnóstica dos opostos, exatamente como o caso do preto e branco no piso xadrez da Loja Maçônica.

 Esta doutrina infernal significa trazer ordem a partir do caos, de conciliar os dois opostos, o bem e o mal, com Satanás reinando sobre o céu e o inferno. O sinal “V” é também um sinal do deus chifrudo da bruxaria, muitas vezes chamado de Pan ; ou Baphomet, a cabra demônio andrógina (masculino e feminino), deus cabra(mais uma vez ilustrando a lei dos opostos).

A sombra e a escuridão

 The Complete Book of Witchcraft 3 ainda explica o significado oculto. Quando o sinal é feito e modo a produzir uma sombra atrás, uma imagem diabólica surge ,que parece ser o rosto do diabo. Bruxas e Magos e alguns papas católicos tem usado esta imagem para efetuar as respostas emocionais:

”Havia uma crença profundamente enraizada no fascínio ou encantamento das sombras; de modo que a bruxa, ou mágico, poderia usá-los, quer para produzir a doença e a morte, ou para inspirar o amor , ou paixão carnal… A sombra dos dedos (satânica) do sacerdote levantada em bênção foi considerado como tendo um significado maligno …A coisa mais notável ocorre com a mão que é levantada, é que sua sombra se assemelha à cabeça e os chifres da cabra de Baphomet … o símbolo da magia negra. E desta forma o uso da ‘sombra de bênção’ foi considerado como a prerrogativa legítima dos Papas, e foi mais terrivelmente exercido durante a Idade das Trevas e na hora da inquisição”

Curiosamente, outras fontes confiáveis ​​dizem que o sinal de “V” (o sinal do tesão do bode, ou deus de chifres) é praticado até os dias atuais em conciliábulos satânicos como um símbolo de bênção satânica. Em tempos passados, era exatamente o oposto, sendo um sinal do mal, de maldição, mas hoje as mentes retorcidas de adoradores satânicos vêem o mal como algo bom e desejável, devido ao condicionamento de filosofias gnósticas. O que é maldição para o santo e justo, para o satanista é uma coisa maravilhosa!

Um símbolo da ira e da Destruição 

  O sinal de “V” como exibido pela mão também é usado pelos iluministas na forma da letra V com duas linhas retas em ângulo para formar a um ponto voltado para baixo. Torna-se um dispositivo de V, ou chevron, e tem sido adotado para os uniformes das tropas militares de alguns países. Semelhante a um triângulo apontando para baixo com a linha de topo aberto ou omitido, simboliza a destruição de fogo e ira sobre o objeto em que ele está apontado. Adoradores de Satanás realizam secretamente na escuridão um ritual, onde os vândalos riscam um “V” apontando para a entrada, com sinais de uso de velas e a queima de objetos. Aqui vemos as crenças fantásticas dos ocultistas de que seus rituais criam e moldam a realidade com o auxílio de demônios.

 Triplo 6 ou 666

  Como vimos anteriormente, a cabala judaica está na raiz da maioria dos sistemas iníquos de magia negra. A cabala (ou Kabbalah) é a fonte da doutrina da Maçonaria e para muitas outras sociedades secretas. Podemos esperar, portanto, que o sinal de “V” também é enfatizado pelos sacerdotes rabínicos de cabalismo.

 E, de fato, descobrimos que os rabinos ensinam que o significado da letra hebraica para V (Vau) é “cravo”, e é um título secreto para Satanás. (Seu significado corrupto vem dos pregos nas mãos de Jesus crucificado.) Vau, ou V, é a sexta letra do alfabeto hebraico, e, é claro, o livro do Apocalipse revela que o nome da besta, ou anticristo , é codificado com o número de triplos 6, ou 666. Impressionante estas revelações e interpretações não, caro amigo do apocalnk?

Churchill , o sacerdote Druida 

  Onde foi que Winston Churchill aprendeu sobre os dos poderes satânicos do sinal “V”? Poucas pessoas estão cientes de que Churchill foi maçom. Stephen Knight escreveu sobre ele , expondo-o de forma explosiva, A Irmandade de sangue, que abalou as ilhas britânicas quando foi publicado cerca de 15 anos. Nela, ele desmascarou muitos nobres britânicos, policiais, juízes e políticos que eram maçons. Entre eles: Winston Churchill, que, Knight documentou, foi iniciado em 1903 na Loja No. 3000 da Loja Unida da Grã-Bretanha. No entanto, ainda menos pessoas estão cientes de que Churchill não era apenas um maçom, mas um bruxo druida(Isso mesmo irmãos do Apocalink, os heróis do mundo, as grandes personalidades, em sua maioria, seguem a satanás). Dr. Stanley Monteith, pesquisador ocultista e de sociedades secretas secreto e apresentador da Rádio Liberty da Califórnia, afirma:

“Churchill era um adepto do ocultismo, tendo sido introduzido nos druidas em 1908, e que se comprometeu aos juramentos ocultistas exigidos por aqueles que têm entrado no mundo da Maçonaria. “

eclarações preocupantes do Monteith são apoiadas por Miranda J. Green ‘s . autor de The World of the Druids e por John Daniel ‘s Scarlet and the Beast , books. Dois excelentes recursos para pesquisarmos.

Ritos da Bruxaria Druida

 Os ritos e cerimônias da bruxaria da seita dos Druidas tanto na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, são muito semelhantes aos da Maçonaria. Eles remontam às antigas religiões de mistério.

O sacrifício ritual de seres humanos 

  Alguns estudiosos estão convencidos de que o sacrifício humano era praticado pelos druidas. Júlio César, general romano que conquistou a Grã-Bretanha para a Roma imperial, escreveu como foram brutais e furiosamente selvagens as pessoas sob a influência dos sacerdotes Druidas. Ele também descreveu o horror do rito em que os sacerdotes e as pessoas Druidas escolhiam periodicamente uma vítima a ser confinado dentro de uma enorme efígie de vime. O vime era incendiado e a vítima humana consumida pelas chamas como as pessoas celebrando e desfilando em um círculo carregado de velas. Ainda hoje, nas ruínas de Stonehenge, na Inglaterra, druidas modernos se reúnem em ocasiões festivas, vestindo o traje branco apropriado e a realização de ritos e adoração de antigos deuses. Enquanto isso, em Nevada cada ano, centenas de milhares assistem ao incrível “Burning Man”, festival em que o ritual de sacrifício da queima homem de vime é recriado só que agora com um boneco de vime.

 Arcebispo de Inglaterra é Também um Druida

  Por incrível que pareça, a imprensa britânica publicou recentemente notícias, incluindo imagens, da iniciação Druida de um homem, Rowan Williams, que só é nada mais nada menos que o arcebispo de Canterbury, chefe da Igreja da Inglaterra. Williams disse aos jornalistas que não via incompatibilidade em seus deveres como sacerdote druida pagão e aqueles que ele assumiu como Arcebispo da-presumivelmente cristão Igreja Anglicana da Inglaterra. 

Esta é mais uma evidência de é hoje em dia o apóstata e corrupto o ” Cristianismo ” ecumênico. 

A esperança é que a verdadeira igreja de Jesus Cristo, apesar de pequena em número, vive, sem nome ou marca, não está em prédios feitos de tijolos e cimento, e  está invicta, só Deus conhece o coração daquele que segue seus mandamentos e mais homem algum, a maioria dos pastores modernos, ministros e clérigos se afastaram da fé e não têm noção de todo genuína doutrina cristã.

O chefe no topo do espetáculo chamado ” Christianismo clérigo “de toda a Comunidade Britânica, o arcebispo Williams , sendo iniciado como um mago na seita de bruxaria Druida e defendendo isto publicamente é prova positiva de que o Diabo e seus Illuminati tornaram-se os não reconhecido “Mestres” que executam e controlam  o Cristianismo secular por trás das cenas. Os grandes nomes do clero, grandes padres, grandes papas e famosos evangelistas de hoje apenas seguem o roteiro estabelecido para eles por seus controladores de elite.

O V FORMANDO A PIRÂMIDE ILLUMINATI COM O OLHO QUE TUDO VÊ DENTRO

 Esse é o mais importante símbolo dos Illuminati, pois exemplifica o poder sobrenatural que eles recebem de Lúcifer, o próprio Satanás. Como você pode ver no símbolo no verso da nota de um dólar, o típico.

“Olho Que Tudo Vê”

Esse é o mais importante símbolo dos Illuminati, pois exemplifica o poder sobrenatural que eles recebem de Lúcifer, o próprio Satanás. Como você pode ver no símbolo no verso da nota de um dólar, o típico

Na cultura pop milhares de celebridades mandam este sinal, um simbolo para o olho que tudo vê de satanás e da pirâmide illuminista. Veja:

Thalles Roberto (Passos, 8 Novembro 1977) musico, produtor, pastor evangélico e multi-instrumentalistA Christão. Fazendo a pose do trinagulo com o olho de hórus dentro.

https://i1.wp.com/images.orkut.com/orkut/photos/OgAAABkDvrHu11__3OBaIq3eYHdFohF0o-QeqpgBlfJ2fyTW_rUvqhdHArdRZfTQxdw8TSHuhBP0I3j_mW19MH2DyAUAm1T1UF44S6pjDLld6jsQWlnuQoCi-JhS.jpg?w=618

Aline Barros

imagens

os ataques  televisivos acontecem por meio dos desenhos animados exibidos para as crianças é um truque de publicidade para atrair crianças tão jovens quanto possível para torná-los clientes ao longo da vida, a indústria usa desenhos para transmitir mensagens para essas mentes impressionáveis. Dependendo de quão profundo no buraco do coelho você queira ir, eles ainda usam crianças para realizarem rituais de magia através de sua imaginação.

 

Pôster do Filme ”V”  ‘V’endetta. Cuja mascara do heróis é na realidade uma homenagem a satanás e se tornou símbolo de revolução e ataque de hackers.

Filme ”V” a Batalha Final e olho de hórus

Página do dicionário Webster onde sinal de V é retratado, mas nunca definido ou explicado! Palavras como “vulcanismo”, “vulcanizar” e “vulgar” são definidos, no entanto, em grande proximidade. Vulcano é o antigo Deus do fogo e da destruição.

Lula e Dilma

Sir Winston Churchill, um judeu , um maçon, um bruxo druida, e em tempo de guerra o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, manda o seu famoso sinal de “V”. Muito usado para representar uma série de tarefas ocultistas, incluindo Homem Divino, licenciosidade sexual, e fogo, o uso freqüente de Churchill estimulando o seu uso por meio da máquina governista e mídia em cima uma população desinformada, como um sinal de vitória.

Jovem Winston Churchill chega para sua cerimônia de iniciação druida. Foi aonde Churchill foi ensinado sobre o verdadeiro significado oculto do “V” sinal de mão, que simboliza fogo e destruição que ele mais tarde tornou tão famoso que passou a ser usado em todo o mundo? (Foto: do livro, The druids, por Peter Berresford Ellis)

Neste antiga gravura, Dionísio, o Areopagita, um ateniense “convertido” para Cristianismo, dá o “V” duplo assinalando o sinal de baphomet “como acima, assim abaixo” com a mão esquerda em direção ao inferno. Dionísio era um ”místico cristão”, um herege gnóstico que se pensa ter sido o autor de um tratado ocultista intitulado The Mystical Divinity. (Do livro, Mystics and Mysteries of Alexandria, by Manly P. Hall, 33°).

The Green Man, símbolo dos druidas, é encontrada esculpido em madeira e em concreto nos detalhes arquitetônicos dos prédios, altares e estruturas ao longo das Ilhas Britânicas. Um filme perspicaz, The Green Man, estrelado por Peter Finch, tocou na conexão do homem verde, perversidade sexual, e poderes demoníacos do Diabo.

Esta placa de bronze é decorado com um círculo e, no interior, o sinal universal da Loja Maçônica, que é o esquadro e o compasso. Dentro do símbolo combinado de esquadro e o compasso é o “G”, representando “Deus “, que é, em maçonaria, também o processo generativo (sexual).

 

Neste, avançado simbolo maçônico, se interpreta um homem em cima de uma mulher no ato do coito, ou relações sexuais. Tanto a bússola e o quadrado são “V” na configuração, e quando esta placa de bronze é virada de cabeça para baixo, encontramos o mesmo, que um símbolo, em forma de V, ainda supera o símbolo outro “V”.

Este antigo desenho preto e branco retrata um iniciado em fase de testes, a fim de avançar na Ordem. Apontando para sua cabeça, no chão, esta o esquado, em forma de “V” de 90 graus

Quando o general George Washington visitou Boston em 1789, esta bandeira foi levada por um grupo durante uma procissão em honra da sua visita. O “V” é o ponto focal do emblema formado pelas três cabeças de cabra contidas no dispositivo em forma de ovo e a cabeça do bode barbudo em cima dele também são significativos no ensino ocultista.

O ocultista que desenhou o projeto à direita bem compreendido o significado esotérico por trás dos símbolos. Primeiro, vemos o sinal de “V”, que, na sua sombra, torna-se a retorcida e feia imagem da sombra de Satanás. O que parece à primeira vista, boa (Benediction), quando visto da perspectiva oculta do invisível se torna Maldição.

 O diamante e o círculo no topo indicam o mesmo princípio, que é igual a preto, ou sombra, branco, preto e espelhos brancos. Este é o princípio hegeliano de síntese de opostos (retratado no livro,  Pictorial History of Magic and the Supernatural, by Maurice Besey).

Michael Jackson, acusado de abuso sexual infantil, apresenta o “V” para a multidão ao sair do tribunal. (EUA today, 10 de abril de 2005, p. 1A).

Este mural em uma parede em Havana diz: “Para a Vida com Fidel.” (Foto:. Relatório Mundial Católico, Janeiro de 1997, 24 p)

Crianças vestidas como revolucionários camponeses cumprimentar o presidente do México, Vicente Fox, em comemoração da Revolução Mexicana (Foto: Associated Press, Austin American-Statesman, 21 de novembro de 2004).

Selos oficiais de todo o mundo árabe apoiamda Intifada revolta da Palestina no final de 1980. Em muitos, os guerrilheiros são retratados dando o sinal de “V”. (Foto:. News From Israel, outubro de 1993, p 11).

Yasser Arafat, líder da Organização de Libertação da Palestina, popularizou o sinal antigo “V” entre os manifestantes árabes e guerrilheiros.

 À direita é o símbolo usado em lenços de braço de alguns combatentes palestinos.

Stewart Meacham, chefe de um grupo pró-comunista chamado Comitê de Mobilização do Novo, é retratado no jornal The Guardian Comunist com este sinal de “V” em um cartaz atrás dele.

O ex-presidente George Herbert Walker Bush deixa insiders saberem da eventual vitória total dos llluminati sionistas, exibindo ostensivamente o sinal V cabalístico. A posição do braço esquerdo de Bush é mais uma indicação da natureza cabalística do sinal.

 Dentro das páginas da revista não havia um pingo de explicação de por que o Bush pai foi retratado na capa dando este sinal, nem era um ano eleitoral. Além disso, o ex-presidente estava em reforma, comprovando o ditado de elite “, uma vez que um servo do llluminati, sempre um servo.” (Até a morte.)

O presidente Franklin D. Roosevelt era tanto um maçom do Grau 32 e um cabalista, judeu de criptografia. Como sua árvore genealógica demonstra claramente, antepassados ​​de Roosevelt vieram da Holanda e eram de linhagem de sangue judeu.

 Aqui, a pesca no Golfo do México, ao largo da costa do Texas em 1937, FDR sinaliza a V do ocultismo cabalístico, utilizando, no entanto, o polegar.

Ralph Reed, o jovem que surgiu do nada para dirigir os maçônicos Cavaleiros de Malta, num projeto / Illuminati chamado de ” Coalizão Cristã “.

 Hoje, já não esta com a Coalizão Cristã , Reed é um alto lobista republicano pago em Washington, DC, e um membro do exclusivo grupo Bilderberg.

Broadway encontrou um pouco de sucesso com a sua produção vulgar Os Monólogos da Vagina. Logo, a série feminista atrevidoa e estúpida era na HBO IV. Seu enredo simples: mulheres reclamando sobre e sobre suas partes íntimas, sempre usando o que os produtores do show chamado de “palavra V”.

 Nesta foto de grupo, vemos uma série de atrizes que participaram de vários episódios de Os Monólogos da Vagina. Olhe próxims duas na parte superior esquerda, piscam o sinal de “V”. Estrelaram a série de sacanagem HBO, Sex and the City. Aliás, a esposa do prefeito de Nova York Rudy Giuliani foi um dos participantes em Os Monólogos da Vagina.

Atriz Jane Fonda, uma atriz indiana, e Eve Ensler, produtoras de Os Monólogos da Vagina.

Manifestante Neo-nazista na Alemanha, em janeiro de 1993. A maioria das pessoas que participam de tais demonstrações, e de outras ”revoltas”, por grupos que surgem do nada e já organizados são treinadas e pagas por organizações Illuminati e agências de inteligência do governo para insitarem o público a revoltas, o governo produz seus próprios rebeldes. Estes, por sua vez, permitem ao governo reduzir as liberdades e as liberdades dos cidadãos, sob o pretexto de oferecer “ordem e segurança pública.”

O grupo que se autodenomina “SIG e veterinários para a paz” adotaram este logotipo, que utiliza o sinal de “V” em seus opostos espelhando na sua sombra o tema do oculto, a cabeça do diabo. (Na foto no jornal Comunista, The Daily World, 18 de outubro de 1969).

Conselheiro político administração Clinton e discursos, Sidney Blumenthal pisca o sinal de “V”, como ele se dirige ao tribunal após ser intimado.

O candidato presidencial Richard Nixon júbilo demonstra o duplo “V.” 

Um ativista protesta contra um grupo econômico dos Oito em Gênova, Itália, em 2001, lança uma sombra interessante nesta foto publicada no The Austin American-Statesman. (22 de Julho de 2001, p. A14)

Joey Fatone do grupo de música popular, NSYNC, exibe o sinal de “V”.

Presidente Bill Clinton pisca um misteriosos sinal de mão ao ex-governador da Califórnia, Jerry Brown. Tanto Clinton e Brown foram treinados pelos jesuítas.

“Vamos entrar em sua cabeça”, diz este anúncio para uma série da ABC-TV chamado Wonderland. Curiosamente, os produtores do show escolheran o sinal de V. Neste caso, o homem está dando o sinal de Due-guard relativo às penalidades de divulgar os segredos do grau de Mestre da Maçonaria.


Winston Churchill…

Himmller, Lenin e Churchil

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

CODEX MÁGICA:“Cada homem e mulher é uma estrela” – capítulo 26

 26  Sim, levastes Sicute, vosso rei, Quium, vossa imagem, e o vosso deus-estrela, que fizestes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *