Principal / CÓDEX MÁGICA / CODEX MÁGICA: Adoradores do sol, sinais solares, círculos e Serpentes – capítulo 22

CODEX MÁGICA: Adoradores do sol, sinais solares, círculos e Serpentes – capítulo 22

15 E disse-me: “Viste, filho do homem? Mas verás abominações ainda mais graves do que estas”.
 16 Dali conduziu-me para o átrio interior do Templo de Iahweh e eis, junto à entrada do santuário de Iahweh, entre o vestíbulo e o altar, cerca de vinte e cinco homens com as costas voltadas para o santuário de Iahweh e os seus rostos voltados para o oriente. Estavam prostrados para o oriente, adorando o sol.
 17 Então me disse: “Por acaso reparaste, filho do homem? Por acaso é pouco para a casa de Judá cometer as abominações que ocorrem aqui? Mas eles ainda enchem a terra de violência, provocando a minha ira. Ei-los a chegar o ramo ao nariz.
 18 Pois bem, também eu agirei com furor: os meus olhos não terão pena, eu não pouparei. Eles clamarão aos meus ouvidos em alta voz, mas eu não os escutarei“.

  Ezequiel 8:16- Bíblia de Jerusalém

Não seria impossível de provar, com a repetição suficiente e compreensão psicológica das pessoas envolvidas, que um quadrado é, de fato, um círculo. ”
Joseph Goebbels ministro da Propaganda da Alemanha nazista 

”Na mitologia do mundo primitivo, a serpente é o símbolo universal do sol … A serpente foi universalmente representada pelo símbolo do sol, o círculo ou disco. ”
Bispo Alexander Hislop
 

As Duas Babilônias 


O sol sempre foi no centro de falsas religiões. As antigas religiões de mistério veneravamo sol, o disco solar, como divindade. Os gregos honraram Apollo como o filho do sol. Os romanos prestavam homenagem a Mitra, o Deus Sol . Estas filosofias pagãs formam a base para o culto dos Illuminati e indicam a importância do sol como símbolo da divindade satânica.

Inglês John Yarker , um bruxo bem conhecido do século XIX maçônico e ocultista, em suas notas sobre os mistérios científicos e religiosos da Antiguidade , faz menção ao fato de que os sumos sacerdotes dos antigos judeus também adoravam o deus sol.

 Ele escreve:

Os mistérios que conhecemos foram praticados em uma câmara subterrânea secreta sob o Templo de Salomão, em Jerusalém, onde vinte e quatro anciãos adoravam o sol, com os rostos para o oriente.

Na realidade, na adoração ao sol, os antigos estavam adorando Satanás. GH Pember , em um trabalho acadêmico sobre os Mistérios, as ”Eras mais Primitivas da Terra”, afirma esta verdade, quando ele afirma:

“Há pouca dúvida de que o ponto culminante dos Mistérios era a adoração do próprio Satanás.” 

Exemplo de adoração ao sol no Peru. O culto universal do sol Deus ou divindade solar.

 Agora, dias de hoje, os maçons , assim como os apóstatas anciãos judeus e sacerdotes nos dias de Ezequiel, continuam a adorar Satanás, o deus sol, também chamado Lúcifer ou Baal, por outros nomes. O nome de seu grande deus , Jahbuhlun , que é revelado para os maçons nos graus mais elevados, é um sinônimo para a divindade solar, duas das três sílabas do nome, buh e lun, significa “Baal” e “On”, ambas dos quais representam sol e deus do fogo.

 É por isso que, no guia oficial, o ‘authoritative guide Gods of the Lodge”, Reginald Haupt relata que da loja:

Todos os movimentos feitos pelos oficiais consagrados da Loja Maçônica ou seguem o curso do sol. O Mestre e os Vigilantes entram e saem de suas cadeiras como o Sol que retorna e sai ao Oriente. A maioria das ocasiões processionais são regidas por estes princípios do que é conhecido como “circumambulação”. Este ritual veio dos antigos ritos pagãos dos egípcios e da adoração de seu dom de deus e do próprio sol.

As primeiros 15 divisões do ”the Egyptian Royal Cubit”. Cada divisão do cúbito foi dedicado a uma divindade, e a primeira divisão, à direita, mostra o hieróglifo do Deus sol Rá, símbolo da unidade divina. (Do livro, Jesus Christ , Sun of God : Ancient Cosmology and Early Christian Symbolism, por David Fideler, Quest Books, Wheaton, Illinois).

Halos, Glórias, auréolas,  também conhecidos como nimbuses, apresentam o indivíduo como um santo, uma divindade, ou outra pessoa santa. (Do Dicionário dos Símbolos Herder, Chiron Publications, Wilmette, Illinois)

O congressista Tom Delay (R-TX), líder da maioria na Câmara, retratado na revista Time. Os políticos são, por vezes enquadrados nas fotos com um halo solar, chamado de “nimbus“, sobre suas cabeças. Isto dá-lhes a aparência majestosa sutil de ser algum tipo de deus, ou divino. Ao honrarem e adorarem o sol em seus rituais, a Maçonaria e Iluminismo desafiam Deus . Jó da Bíblia demonstrou grande sabedoria por proferir estas palavras sobre Deus em pensamentos referentes adoração do sol: 

 26  se olhei para o sol, quando resplandecia, ou para a lua, que caminhava esplendente,
 27  e o meu coração se deixou enganar em oculto, e beijos lhes atirei com a mão,
 28  também isto seria delito à punição de juízes; pois assim negaria eu ao Deus lá de cima.

Jó 31:26-28(Versão João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada)

 

A suástica representa o sol 


 A suástica nazista é uma representação do sol. Mas os nazistas simplesmente emprestaram este símbolo das religiões antigas, incluindo os hindus da Índia, os xintoístas do Japão, e de algumas tribos de índios nativos americanos. Ainda hoje, em templos e santuários em toda a Ásia, você vai encontrar a suástica pintada nas paredes, em totens, e sobre altares.

Até que Hitler e os nazistas deram o sinal de uma má reputação, os maçons também universalmente utilizam o signo do sol. E hoje o símbolo do círculo, particularmente o que tem um ponto dentro do círculo, é uma característica proeminente da teologia maçônica. 

 O ponto dentro do círculo 


De acordo com a Mackey’s Masonic Encyclopedia o verdadeiro significado oculto deste símbolo, o ponto dentro do círculo, é muito diferente do que o que o maçônico conta por aí. Na realidade, o seu significado é mais uma prova que a Maçonaria é um culto do sexo. Mackey diz que a explicação esotérica é que o ponto dentro do círculo é o falo masculino, ou pênis, e o círculo é o yoni feminino, ou vagina. Aqui, explica Mackey, é um “símbolo da fecundidade, expressa pelo princípio generativo masculino.”

Mas, Mackey enfatiza, o sol ainda não está esquecido na Maçonaria, por enquanto:

”…Essa importância para os Illuminati/maçons ainda é tão pouco reconhecida como significativa pelas massas idiotizadas, muitos iluministas desfrutam disso, escarnecerem das massas, ao exibirem ostensivamente esse símbolo.” -Mackey’s Masonic Encyclopedia

Pat Robertson e a mensagem oculta


Pat Robertson , pastor, líder da direita religiosa, dono de TVs e do The 700 Club e fundador do Cristoian Coalition, nos dá outro exemplo gráfico. Há alguns anos, Robertson tinha dois livros sinistros escritos, um chamado The New World Order( Nova Ordem Mundial) e um outro intitulado The New Millennium(O Novo Milênio) .

 Como acontece muitas vezes nos círculos elitistas, as opiniões e materiais de ambos os livros parecia ser decididamente anti-elitista, pois eles ainda expõe a conspiração global e dos Illuminati. Então,  Pat Robertson realmente ingressou na luta contra o mal Illuminati? Não em sua vida! Os livros eram para os “estúpidos”, as massas, as ovelhas imbecis de sua religião. Durante a leitura de O Novo Milênio o leitor ignorante dos usos de simbolismo provavelmente ignorará o fato de que, na parte superior de cada página, um ponto dentro de um círculo pode ser visto! Este era o “código oculto” de Robertson para seus amigos de elite que ele ainda estava do seu lado e estava apenas levando as massas ignorantes para um passeio ilusório ao comprarem suas ”nuvens de fumaça engarrafada”, um vendedor de ilusões.

 O Sinal da máfia, dos Illuminati e de druidas 


 Segundo o Dr. Burns , em Hidden Secrets of the Eastern Star , o ponto dentro do círculo é: “O sinal da infame máfia Cosa Nostra ou,” ao invés do “mão  negra”, como muitos acham. Mas o verdadeiro choque é a importância dada este sinal por Adam Weishaupt e a Ordem dos Illuminati. Explica que porque Iluminismo estava tão determinado a manter a verdadeira natureza da Ordem em segredo, seu fundador, Weishaupt, ordenou que as palavras reais “Illuminati” e “iluminismo” nunca seriam usadas em suas correspondências. Em vez disso, elas seriam substituídas pelo símbolo astrológico para o sol, ou seja, o círculo com um ponto no meio. Burns, também dá indícios de que o ponto dentro do círculo foi usado pelos druidas da Grã-Bretanha, cuja pedra templos de pedra eram circulares com uma única pedra erguido no centro.

 Eles acreditavam que este projeto conferia poderes mágicos.

Um arco de glória ou auréola em um sacerdote Druida pagão da Grã-Bretanha em suas vestes cerimoniais. (Da Wellcome’s Ancient Cymric Medicinee) .

Flores poderosas e Círculos mágicos 


A flor da margarida, a calêndula e o girassol também são indicativos do sol como divindade e assim, tradicionalmente, adeptos das religiões de mistério, bem como os hindus, zoroastristas e outros , utilizam esses símbolos. Adam Weishaupt , fundador em 1776 da Ordem do Illuminati, encorajou a “Flower power” como um símbolo, e foi tomada por hippies da Nova Era nos anos 60. O símbolo do círculo é, para o Illuminati, uma espécie de simbolo básico do sol. É por isso que o círculo é usado com tanta freqüência e em várias configurações dentro da Maçonaria e outras redes de sociedades secretas. Ele também é um sinal de bruxaria e adoração a Satanás. Bill Schnoebelen , autor de muitos livros desmascarando maçonaria, bruxaria e ao ocultismo, foi ele próprio um ex-Maçon, bem como um bruxo masculina.

 Ele descreveu “templo” da bruxa da seguinte forma:

Na bruxaria, o “templo” não é freqüentemente um edifício, mas sim um sagrado “círculo mágico” feito no chão de uma sala com grande cerimônia. É o espaço sagrado da Wicca e serve para mesma função que um templo serve ao Maçon.

Deuses ou os homens?-Existe uma conspiração concentrada eminundar a nossa consciência com imagens que constroem os líderes mundiais em homens -deuses do Monte Olimpo, come se fossem mitológicos seres na terra? Sites na Internet www.freepressinternational.com e www.Rense.com discutem essa tendência recente e publicou uma série de fotografias que parecem confirmar essa trama bizarra.

 O freepressinternacional.com, um site de notícias alternativas, escreveu:

“Estas são apenas algumas das muitas fotografias da grande mídia tem sido deliberadamente divulgadas para o público mostrando os nossos líderes mundiais com auréolas. Eu diria que com a forma em nosso mundo esta agora, eles deviam ter chifres em vez de halos. Maioria destas imagens são provenientes da Associated Press e Reuters. “

Certamente, as escrituras foram bem claraas quando nos advertiu que o próprio Diabo muitas vezes vem disfarçado como um “anjo de luz.” (Nota: o Apocalink tem visto essas fotos publicadas em um número crescente de fóruns de mídia, da Time e Newsweek para jornais diários.)

Após a sua morte, a revista Time publicou esta foto reveladora de superestrela dos Beatles,  George Harrison (1943-2001) na capa de sua edição de 10 de dezembro de 2001. Harrison, vestindo preto, em uma foto em preto e branco, tem um girassol, símbolo dos Illuminati do deus sol. A divindade solar também é destaque adorado na religião hindu, e os Beatles foram dedicados seguidores do Maharishi Mahesh Yogi e outros gurus hindus indianos. Reportagem da Time, de fato, relata que George Harrison nunca desistiu de seus gurus, até  seu último suspiro. Todos os Beatles se encharcaram de drogas ilícitas, como a cocaína, haxixe e heroína. Seu álbum, a Lonely Hearts Club Band , ainda tinha uma foto com a besta “666”, sacerdote satanista, Aleister Crowley, em sua capa. A informação mais recente é que os Beatles eram um grupo de música experimental patrocinada nos bastidores pela inteligencia britânica e EUA. O seu papel foi destinado a usar vários mecanismos de operações psicológicas e mensagens anti-cristãs para despertar tumulto e trauma psicológico na sociedade.Um dos álbuns dos Beatles mais memoráveis ​​foi, Magical Mystery Tour .Beatle John Lennon foi assassinado por um homem que muitos acreditam ter sido um CIA treinado, um “Candidato da Manchúria”, e George Harrison já foi assaltado e esfaqueado por um suposto assassino.

Guru hindu Maharishi Mahesh Yogi e os Beatles.A religião hindu, está intimamente relacionada com as doutrinas religiosas dos Illuminati.

“A Nova Era está amanhecendo. Um sol brilha dentro de cada pessoa.” Essa é a filosofia do “Taiyo no Kai” (associação de adoração ao Sol), fundada pelo japonês Kaoru Nakamaru.

Falun Gong é um movimento religioso na China. Com cerca de 100 milhões de adeptos em todo o mundo, o Falun Gong é uma força espiritual considerável. Seu logotipo é o círculo com o yin / yang e a suástica (um sinal do sol) bem visível.

A suástica (signo solar) não foi inventado por Hitler e os nazistas. Ele é um velho símbolo da Maçonaria. Pode-se encontrar suásticas pintadas e esculpidas em templos antigos no Japão e na Índia, e na cerâmica Nativos americanos. Parece que as forças que nos deram este sinal, a suástica, continuam a tentar reintroduzi-lo para as massas. BBC News on-line informou recentemente que os hindus querem recuperar a suástica, que os seus gurus alegam ter sido um sinal de boa sorte hindu durante séculos.

“É o segundo símbolo mais sagrado na tradição hindu”, disse o porta-voz do Fórum Hindu, Ramesh Kallidai. (BBC News / Reino Unido, 19 de janeiro de 2005)

Em 2003, quando a Coca-Cola Company em Hong Kong publicou um anúncio de promoção que caracterizam um robô enfeitado com suásticas, porta-vozes judeus protestaram. Um rabino judeu, no entanto, admitiu:

“A suástica nazista pode ser facilmente confundida com suásticas budistas que são comuns na Ásia.”

(Notícia Ananova.com, 1 de maio de 2003)

Imagens com círculos de culto à Deusa e adoração ao sol são encontradas em muitas publicações de Nova Era e ocultismo.

As bruxas são grandes promotoras do renascimento da Deusa. Acima é um anúncio de jornal periódico de uma bruxa (endereço excluído).

Um desenho interessante de uma bruxa de luxo, com força lunar (lua na janela), pentagrama (na cadeira), deusa nua segurando o sol que irradia na sua mão esquerda, e muito mais. (Do livro, To Ride a Silver Broomstick: New Generation Witchcraft, por Silver Corvo Wolf, Llewellyn Publications, St. Paul, MN, 1993)

(Do livro, To Ride a Silver Broomstick: New Generation Witchcraft, por Silver RavenWolf)

Logo para um editor de muitos livros de ocultismo e esoterismo.

Duas imagens círculo usados ​​em ritos mágicos. Esquerda: círculo mágico com a estrela de seis pontas (hexagrama) e a cruz ocultista. Direita: círculo mágico de Francis Barrett The Magus, Londres, 1901. (De The Herder Dictionary of Symbols, Chiron Publications, Wilmette, IL, 1986)

Estilizada serpente Oroboros mordendo a cauda, ​​formando um círculo com o seu corpo. Dentro do círculo esta o ponto de Lúcifer.

Logo para o Museu Nicholas Roerich em Nova York. Nicholas Roerich foi um místico russo e maçom que tinha vasta e misteriosa influência tanto sobre o presidente Franklin D. Roosevelt e como no Secretário da Agricultura, Henry Wallace de FDR. Alegadamente, FDR teve no Tesouro incluido o desenho do olho que tudo vê e a pirâmide na nota de um dólar dos EUA a pedido de Roerich.

Cartão de tarô “roda da Fortuna”, usado por bruxas e videntes para adivinharem o futuro. O círculo interior da elite Illuminati são por vezes referido como a “roda”.

Este balão honrando o sol (com seis raios) era uma parte do desfile Festival Dia de St. Patrick, em Dublin, na Irlanda. (Foto 14 e artigo do jornal Korea Times, 19 de março de 2002, p.)

Bandeira do Uruguay, o sol de lucifer maçonico

Bandeira da Argentina

Como muitos na Nova Era e os mundos ocultos, os gestores do Book People, uma grande livraria oculta, em Austin, Texas, propagam as suas obras são do bem. Mas neste anúncio revelador no turbilhão de névoa espiral astronômico à direita, é claramente visto a letra “S” de  Satanás? Que o leitor perspicaz decida.

Prozac pode ajudar? É mesmo? Então, por que o desenho se assemelha a serpente oroboros? E é só imaginação do autor ou são os raios de sol radiante na forma de  número 6?

Guru hindu, americano John DaFree publica o jornal The Dawn Horse, com este logotipo incomum, consistindo em círculos, chamas, um cavalo branco, a estrela ocultista e dois pés (representam o discípulo de joelhos ou prostrado).

Cruz celta (engrenagem planetária) e a tocha adotados como emblema para a America First Party , um partido político voltado para os objetivos da raça branca, com sede na Geórgia.

Desenho do círculo solar no Network News, jornal de bruxaria bem conhecido, um ponto focal para os adoradores de “Pai Sol” e divindades solares de acordo com a revista.

Anúncio para o filme 2004, Alexander, uma saga sobre o conquistador grego Alexandre o Grande. Fielmente o peitoral de Alexandre: Uma imagem do sol, conhecido também como ”dom de deus” e  adorado sob uma variedade de nomes pelos antigos.

Os nativos americanos adorando o deus Sol, tendo um ídolo totem. (Gravura de Theodore de Bry América, 1590)

Adoração mesopotâmica ao deus Sol (Ninrode) . (British Museum. Londres)

Plano geral de magia judaica cabalística revela um ponto focal de diamante e muitos círculos concêntricos. (Do Encyclopedia of the Occult)

A camiseta oferecida por um fornecedor de artigos de presente da cadeia de restaurantes Hard Rock Cafe. Observe o símbolo do sol. Cafés Hard Rock foram criadas por Isaac Tigrett, um ocultista multimilionário que também concebeu The Great American Pyramid, uma arena de esportes construída em Memphis, Tennessee.

O conto de fadas da origem do sinal de paz que primeiro entrou em uso por manifestantes contra a Guerra do Vietnã. Na realidade, há muito tempo tem sido usado como um sinal de ódio a Jesus e é chamada de “Cruz de Nero”

O teatro grego em Epidauro (cerca de 300 aC) incluiu um desenho de círculo e ponto ao centro. (Foto do livro, The Pattern and the Prophecy, de James Harrison, Isaíahhbh Publications, 1994)

Variações do Yin / Yang. 

Perceba o sol 

A palavra é originária do latim dies Dominicus, que significa “dia do Senhor”. Existe, nessa mesma acepção, em castelhano (Domingo), italiano (Domenica), francês (Dimanche) e em todas as línguas de origem latina. Povos pagãos antigos reverenciavam seus deuses dedicando este dia ao astro Sol o que originou outras denominações para este dia, em inglês diz-se Sunday, e no alemãoS onntag, com o significado de “Dia do Sol”.

Édito de Constantino – Adorador do Sol


A mais antiga lei dominical conhecida pela História é a de Constantino, promulgada em 321 d.C. Assim reza ela:

“Devem os magistrados e as pessoas residentes nas cidades repousar, e todas as oficinas ser fechadas no venerável dia do Sol. No campo, entretanto, as pessoas ocupadas na agricultura podem livre e licitamente continuar suas ocupações; porque acontece muitas vezes que nenhum outro dia se lhe assemelha para a semeadura de sementes ou para a plantação de vinhas; tememos que, pela negligência do momento apropriado para tais operações, as bênçãos celestiais sejam perdidas.” (Promulgada aos 7 dias de março, sendo Crispo e Constantino cônsules pela segunda vez cada um). – Codex Justinianus, liv. 3, tit. 12 e 13; traduzido em PHILIP SCHAFF, D.D., History of the Christian Church(volume sete da edição, 1902), vol. III, pág.380.

 Constantino foi imperador de Roma de 306 a 337 d.C. Foi ele adorador do Sol durante os primeiros anos do império. Mais tarde afirmou haver-se convertido ao cristianismo; mas, de coração, continuou venerador do Sol. Com respeito a sua religião, diz Edward Gibbon, em sua obra Decline and Fall of the Roman Empire:

“A devoção de Constantino foi mais particularmente dirigida ao deus Sol, o Apolo da mitologia grega e romana; e lhe era agradável ser representado com os símbolos do deus da luz e da poesia. Os infalíveis dardos daquela divindade, o brilho de seus olhos, sua coroa de louro, a imortal beleza e os dotes graciosos pareciam apresentá-lo como o patrono de um jovem semideus. Os altares de Apolo eram adornados com as ofertas votivas de Constantino; e a crédula multidão era levada a crer que foi permitido ao imperador contemplar com olhos imortais a majestade visível de sua divindade tutelar; e que seja acordado ou em visão, foi ele abençoado com esperançosas predições do futuro de um longo e vitorioso reinado. O Sol foi universalmente festejado como o invencível guia e protetor de Constantino.” Capítulo 20, par. 3.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

CODEX MÁGICA:“Cada homem e mulher é uma estrela” – capítulo 26

 26  Sim, levastes Sicute, vosso rei, Quium, vossa imagem, e o vosso deus-estrela, que fizestes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *