https://i0.wp.com/www.mifondodepantallagratis.net/starwars/wallpapers/armada-battle.jpg?resize=618%2C464

Uma entrevista de um hacker chamado Gary McKinnon está alimentando suspeitas sob a existências de naves especiais de guerra comandadas pelos Estados Unidos da América. McKninnon é conhecido por ter travado uma batalha judicial de 10 anos contra a NASA, por ter, supostamente, invadido os computadores da Agência.

Gary McKinnon está alimentando suspeitas sob a existências de naves especiais de guerra

A entrevista em questão foi realizada no canal RichPlanet TV, conhecido por abordar a ufologia. No caso, McKninnon comentou a razão de não ter comentado sobre isso antes: “Eu fiquei nisso por meses e meses. ‘Eles vão fechar esta porta’, eu ficava pensando”, disse. “Eu usei um programa chamado Landsearch, que pode encontrar todos os arquivos e pastas. Mas eu procurei apenas documentos. Então, achei uma planilha do Excel que se chamava ‘autoridades não-terrestres'”.

O hacker comentou que a planilha apresentava vários nomes em ordem de classificação. Além disso, que algumas abas mostravam “materiais de transferência” entre naves espaciais: “e os nomes das naves começavam com U.S.S.”.

Gary McKinnon (Glasgow, 11 de fevereiro de 1966) é um hacker escocês acusado pelos Estados Unidos de perpetrar o “maior ataque de todos os tempos a um computador militar”.[2] Depois de várias audiências realizadas em julho de 2006 no Reino Unido, foi decidido que ele deveria ser extraditado para os Estados Unidos. Seus advogados apelaram contra esta decisão em um recurso impetrado na High Court de Londres em fevereiro de 2007.

Para assistir a entrevista completa, dê o play no vídeo acima ou clique aqui.

Será que existem naves que ainda não conhecemos?