Principal / Uncategorized / Como nos dias de Noé, o retorno dos Nefilins: seres híbridos- Parte 5

Como nos dias de Noé, o retorno dos Nefilins: seres híbridos- Parte 5

  SERES HÍBRIDOS…

 A tendência moderna dentro de comunidades religiosas e acadêmicas para acomodar visões emergentes da astro-biologia e astro-teologia pode ser vista como a extensão natural de uma hipótese (uma vez que era considerada heresia) e que se tornou popular na década de 1960,  conhecida como a Teoria dos astronautas antigos. Esta noção afirma que o Homo sapiens (humanos) surgiu como o resultado de experiências extraterrestres avançadas que visitaram a terra nos tempos antigos e modificaram geneticamente o DNA dos hominídeos. Estes seres foram os progenitores dos mitos de criação de acordo com esta teoria, incluindo revelações da Bíblia de Deus.

Na introdução de seu livro best-seller,  Eram os Deuses Astronautas ? , Erich von Daniken, (que, pode-se argumentar, é um dos pais da moderna ufologia) disse:
”Afirmo que os nossos antepassados ​​receberam visitas do universo em um  passado remoto, embora eu ainda não sei quem era são essas inteligências extra-terrestres ou de que planeta eles vieram. Eu, no entanto, anunciou que parte destes “estranhos” seres  aniquilaram da humanidade existentes na época e produziu um novoHomo, talvez o  primeiro sapiens.
 Como ilustrado em filmes de Hollywood como Contato e Contatos Imediatos do Terceiro Grau , a hipótese de von Daniken causou uma tempestade  nos anos 60 com a proposição de que a humanidade era, possivelmente, os descendentes de uma antiga, talvez em curso, experiência extra-terrestre. Adeptos da Nova Era como Daniken afirmam que os mitos dos deuses da antiga Suméria, no Egito, na Grécia, e além-se um registro bruto desse encontro com outros seres do mundo. Homens antigos teria considerado os viajantes espaciais como deuses e teriam registrado a sua chegada, seus experimentos, e sua partida, em hieróglifos, megálitos, e tábuas de pedra, como um encontro “sobrenatural” entre deuses e homens. Sr. Daniken continua:
”Enquanto nave espacial [a] desaparece novamente nas brumas do universo os nossos amigos vão falar sobre o milagre “Os deuses estiveram aqui!” … Eles vão fazer um registro do que aconteceu: estranho, estranho, miraculas [sic]. Em seguida, seus textos se relacionam e desenhos irão  mostrar que os deuses vestidos em roupas de ouro estavam lá em um barco voador que pousou com um  grande alvoroço. Eles vão escrever sobre carros que os deuses levaram por terra e mar, e de armas terríveis que eram  como um relâmpago, e eles contam que os deuses prometeram voltar.
Eles usam  o  martelo e o  formão nos desenhos e entalhes  de pedra do que tinham visto uma vez: gigantes disformes com capacetes e bastões em suas cabeças, carregando caixas na frente de seus peitos;em discos  na qual os seres indefiníveis sentam e andam pelo ar;  são  velozes  como  os raios do sol … ”
 
Pesquisadores como Von Daniken afirmam ainda que a estranha aparência de alguns dos ‘’deuses’’ descrito em diferentes  hieróglifos (humanóides -como criaturas com corpo humano  e  cabeças de águia; falcões , ou seres híbridos como leões com cabeças de touros, etc) poderiam ser visto como prova de que “invasores”, realizaram experiências genéticas e  mutações entre os povos antigos e os animais.

 
Híbrido humano e animal: Cientistas cresceram orelha nas costas de um rato.

Pode ser surpreendente  para alguns saberam  que muitos teólogos conservadores concordam com esta avaliação, mas sustentam que os “aliens” invasores que executaram estes procedimentos eram, na verdade, anjos caídos, e não formas de vida avançadas de outra galáxias(E esta é a opinião do APOCALINK). Estudiosos basearam esta  esta idéia em registros históricos que datam do início de todas as grandes culturas do mundo antigo, onde a história conta de forma notávável e  consistente sobre os “deuses” que desceram do céu e se materializaram em corpos de carne. De Roma para a Grécia e, antes disso, para o Egito, Pérsia, Assíria, Babilônia e Suméria, os primeiros registros da civilizações contam da época em que seres poderosos conhecidos(e descritos) pelos hebreus, como VIGILANTES e dito no livro de Gênesis como os Benei ha- elohim (filhos de Deus) que se misturaram com os seres humanos, dando origem a uma anomalia   parte celestial e  parte terrestre , híbridos conhecida como Nephilim . A Bíblia diz que isso aconteceu quando os homens começaram a se multiplicar  na terra e lhe nasceram filhas. Quando os filhos de Deus viram a beleza das mulheres, eles tomaram esposas dentre as de melhor estética e DNA, eles as tomaram provavelmente na marra para procriarem  sua prole incomum. Em Gênesis 6:04, lemos o seguinte relato:

“Havia gigantes na terra naqueles dias, e também depois, quando os filhos de Deus copularam com  às filhas dos homens, e que tiveram filhos com elas, os mesmo tornaram-se os valentes que houveram  na antiguidade, os homens de renome “.
Quando a Escritura é comparada com outros textos antigos, inclusive Enoque, Jubileus, Baruc, Apócrifo do Gênesis, Philo, Josephus, Jasar, e outros, que para muitos dá a entender  que os gigantes do Velho Testamento, como Golias, eram a parte humana , parte animal, parte-angelical , uma prole originada de uma intervenção sobrenatural na ordem divina e na evolução natural da espécie. O considerado apócrifo Livro de Enoque,  dá um nome aos anjos envolvidos nesta conspiração cósmica, chamando-os de “Vigilantes” e em outras interpretações de ”Sentinelas”.
Assim, eu Enoque estava começando a bendizer o Senhor de majestade, ao Rei dos tempos, e eis que ao Vigilante  do grande Santo,  me chamo Enoque escreva o que digo:
“Enoque, escreva da justiça, vê aos Vigilantes  do céu que tem abandonado as alturas do céu, o eterno lugar santo e que se tem contaminado com as mulheres fazendo como fazem os seus filhos filhos (Nefilins), tomado mulheres e forjando uma grande obra de corrupção sobre a terra, e faça-lhes saber
Que que não haverá para eles paz nem redenção de seus pecados.
E assim como gozaram a causa de seus filhos eles irão ver a morte de seus bens amados e choraram pela perda de seus filhos e suplicaram eternamente, mas não haverá para ele nem misericórdia nem paz


De acordo com Enoque , 200 desses anjos poderosos partiram dos “céus” e usaram as  mulheres (entre outras coisas) para estender sua progênie na  existência humanidade. A Bíblia Hebraica Interlinear oferece uma interpretação interessante de Gênesis 6:2 a esse respeito. Onde a Bíblia King James diz:
Que os filhos de Deus viram as filhas dos homens que {foram} justo, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.
o NHI interpreta isso como:
“O Elohim Benei viram as filhas de Adão, que eram extensões adequadas “(ênfase adicionada ). 
O termo “extensões ” parece aplicável quando todo o antigo registro, entende-se que os Vigilantes queriam deixar sua esfera de existência, a fim de entrar na realidade tridimensional da Terra . Eles viam as mulheres, ou pelo menos seu material genético como parte da fórmula para realizarem esta tarefa. Partindo da própria habitação que Deus lhes tinha atribuído. foi doloroso para o Senhor e isto levou à penalização divina. Juda descriveu desta forma: 
 “anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia” (Judas 6).

Além das traduções apócrifas,  judeus relacionram com a lenda dos Vigilantes e os “poderosos homens” nascidos de sua união com os seres humanos, aos contos mitificados que falam as histórias de “deuses”, usando seres humanos para produzir heróis ou semi-deuses . Quando a versão antiga grega do Antigo Testamento hebraico (o LXX ou Septuaginta) foi feita, a palavra “Nephilim”, referindo-se  aos descendentes dos Vigilantes que tinham parte humana  foi traduzida por gegenes , uma palavra que traduzida significa  “nascido da Terra.” Esta mesma terminologia foi usada para descrever os Titãs gregos e outros heróis lendários de origem celestial, em parte divinos  e em parte terrestre, tais como Hércules (nascido de Zeus e Alcmena,  a  mortal), Aquiles (o filho do herói troiano de  Tétis e Peleu) e Gilgamesh (Comdois terços deus e um terço criança humana , ilho de Lugalbanda e Ninsun).


Esses semideuses foram igualmente descritos em  textos e em representações de  ídolos(Imagens) como as criaturas metade animal e metade humana, como centauros (a parte humana, parte do cavalo, do filho de Apolo, Centaurus), quimeras, fúrias, sátiros, górgonas, ninfas, Minotauros, e outras aberrações genéticas. O historiador Andrew Tomas acredita que esses registros mitológicos são “pensamentos-fósseis’’, que  ”retratam  através de  símbolos e alegorias a história das culturas desaparecidas ”, ou, como Stephen Quayle, em seu livro Gênesis 6 : Giants explica:
 “A memória coletiva na forma de mitos, fábulas e contos de fadas em diferentes culturas e épocas da humanidade são provas contundentes de que o Nefilim existiu. “

Tudo isso indica que o Vigilantes não só modificaram o DNA humano durante a constituição dos Nefilins, mas dos animais também, chega ao  ponto em que o  livro de Enoque  afirma, dizendo no sétimo capítulo,  que os anjos caídos “pecaram” contra animais, assim como os seres humanos. Outros livros como o Livro dos Jubileus acrescenta que esta mistura inter-especies acabou resultando em mutações entre os seres humanos normais e animais cuja “carne” (composição genética) foi “corrompida”  , presumivelmente, por  estes cruzamentos(veja 5:1-5; 7 :21-25). Mesmo o Antigo Testamento contém referência às mutações genéticas que se desenvolveram entre os seres humanos, após este período de tempo, incluindo “homens” de tamanho incomum, força física, por terem seis dedos em cada mão e pés, o apetite por sangue de animais.
No entanto, de todos os registros antigos, o roteiro extra-bíblico mais revelador é a partir do Livro de Jasar , um texto esquecido por quase todos, é   referido na Bíblia em :

“Josué 10:13 …Não está isto escrito no Livro de Jasar?” 
 “2 Samuel 1:18 …eis que está escrito no Livro de Jasar

  Jasar registra a história familiar da queda dos Vigilantes, e em seguida, adiciona um detalhe excepcional que nenhum dos outros textos é tão inequívoco sobre o assunto , algo que só pode ser compreendido em linguagem moderna como  a  biotecnologia avançada, ou engenharia genética, ou “modificações transgênicas “das espécies. Após os Vigilantes  terem  instruído os seres humanos “nos segredos do céu”, observe o que ocorreu Jasar diz:

[Depois] os filhos dos homens [começaram a ensinar] a mistura de animais de uma espécie com outra, com ela, a fim de provocar o Senhor. (Jasar 4:18)
A frase “a mistura de animais de uma espécie com outra” não significa que os Vigilantes tenham  ensinado a hibridização de homens, já que este não teriam “provocado o Senhor.” Deus fez com que os  animais de diferentes raças fossem capazes  de se reproduzirem. Por exemplo, os cavalos podem se propagar com outros mamíferos da classificação equídeos (a taxonômica “família do cavalo”), incluindo burros e zebras. Eles não teriam “provocado o Senhor” com  este tipo de procriação de animais , como Deus  ordenou , Ele mesmo, fez os animais capazes de fazer isso.
Se, por outro lado, os Sentinelas estavam cruzando fronteiras através da mistura de espécies animais incompatíveis de uma espécie com a outra , como um cavalo com um ser humano (um centauro), este teria sido um assunto diferente e pode lançar luz sobre os numerosos histórias antigas de seres míticos , devariantes  espécies de fabricação,  que se encaixam perfeitamente dentro dos registros do que os Sentinelas estavam realizando. Compreensivelmente, esse tipo de quimeras  teriam “provocado o Senhor”, e levanta a questão séria sobre por que os Vigilantes teria se arriscado à condenação eterna por mexerem com a criação de Deus desta forma. O Senhor tinha colocado limites entre as espécies e estritamente ordenado que “cada tipo” reproduzisse somente segundo a sua  “própria espécie.” Foi o motivo dos Vigilantes terem  quebrado essas regras pelo simples desejo de se rebelar, invejando e assaltado o  gênio criativo de  de Deus através  da alteração biológica do que Ele tinha feito? Ou teve algo com um  significado mais profundo por trás desta atitude?
Alguns acreditam que a corrupção do  DNA antediluviano pelos Vigilantes foi um esforço para cortar a linhagem  de nascimento do Messias. Esta teoria postula que Satanás ”compreendeu” o Proto-evangelho: na promessa em Gênesis 3:15 , que fala que o Salvador nasceria, a semente da mulher, e que Ele iria destruir o poder do anjo caído. Seguidores de Satanás, portanto, misturados com a raça humana em uma conspiração para impedir o nascimento de Cristo. Eles estavam fundamentados no plano de que se o DNA humano pudesse  ser universalmente corrompido ou “demonizado” através desta contaminação  genética,  nenhum Salvador nasceria e a humanidade estaria perdida para sempre. Aqueles que apóiam essa teoria acreditam que é por isso que Deus ordenou a Seu povo para manterem  em uma linhagem genética pura e para não se casarem  com pessoas das outras nações. Quando violaram este mandamento,  o DNA mutante começou se espalhar rapidamente entre os homens e os animais, Deus instruiu Noé a  construir  uma arca e que ele  se prepara-se para uma inundação que iria destruir todos os seres vivos. Que Deus teve que enviar uma destruição  de magnitude global como o dilúvio , que ilustra quão disseminado o DNA alterado eventualmente se tornou. Na verdade, a Bíblia diz em Gênesis 6:09 que apenas Noé, e por extensão os seus filhos, foi encontrado “perfeito” em sua geração. A palavra hebraica para “perfeito” neste caso é tamiym , que significa “sem defeito” ou “saudável”, a mesma palavra usada em Levítico para descrever um cordeiro, puro de sacrifício. O significado não diz que Noé era moralmente perfeito, mas que a sua composição física, seu  DNA não havia sido contaminado com gene  Nefilímico, como aparentemente o resto do mundo havia se contaminado. A fim de preservar a humanidade como Ele fez, Deus destruiu todos, menos a família de Noé no Dilúvio. Os registros antigos, incluindo os da Bíblia, parecem concordar com essa teologia, sempre descrevendo esta CONTAMINAÇÃO foi a causa do Dilúvio ,  foi a resposta a  contaminação  de “toda carne” por  terem se tornado “corrompidos,tanto  o homem como  os animais.”
Enquanto eu acredito que a teoria da corrupção do DNA como um método destinado a travar a vinda de Cristo,  há um mérito, uma alternativa (ou um adicional). Existe um motivo para os Vigilantes ainda poderem ter organismos vivos misturados. Esta teoria é originalmente  minha  e cresceu do meu desejo de incorporar textos histórico volumosos, que descrevem esta história peculiar, consistente em uma parte,   que correspondem  com as Escrituras.
Para harmonizar os registros antigos, cheguei a acreditar que a principal motivação para os Sentinelas (Ou Vigilantes)estarem fazendo experiências com o DNA de várias espécies deve ser compreendida dentro do contexto de seu principal objetivo, que foi  deixar os seu plano de existência e para se introduzirem  no nosso . Meu desafio então,  foi responder à pergunta de como a misturara de várias espécies iria satisfazer esse objetivo ou fornecer aos sentilas um motivo para sua partida dos “céus” e tentarem a  encarnação em nova “habitação” no homem . Por enquanto eu não vou ter tempo aqui para explicar todos os detalhes , eu finalmente a hipótese de que a espécie dos Vigilantes se  misturaram  na forma como o fizeram a fim de criar um corpo único fora da ordem divina na qual eles poderiam estender-se. O raciocínio é que toda criatura, tal como existia originalmente teve o seu início em Deus, que ordenou a cada criatura para se reproduzirem “, segundo  a  própria espécie.” A frase “segundo a  sua própria espécie” indica que tipo de espírito ou persona pode entrar em um ser inteligente, nesta  concepção. Quando o esperma de um cão encontra óvulo de uma cadela e a vida de um cão é formada, a primeira centelha de vida na natureza de um cachorro  entra no embrião e cresce para se tornar um cão,  em traços e forma. O espírito de um homem não entra nele da mesma forma. Um homem não nasce com as qualidades de um cavalo ou vaca. Esta integridade criatura/natureza teria motivado os Sentinelas, que queria encarnar dentro do reino terrestre (e não apenas “possuir” as criaturas), se conseguissem  deslocar  os espíritos dos seres humanos ou a natureza dos animais e substituí-los por sua própria natureza e espíritos. Como eles superariam esses problemas? Como os cientistas estão fazendo hoje, eles aparecem com base nos antigos registros de DNA existentes, combinados de várias criaturas vivas e fezem  algo que nem o espírito do homem ou da natureza dos animais pudessem entras  nesta concepção, pois não seriam nem homem nem animal. Veja como o guia  trimestral  online , Mundo Misterioso , em sua edição  de 2003, “gigantes na terra”, descreve:
O Nephilim eram geneticamente fabricados, seres criados a partir do material genético de várias espécies de animais pré-existentes… Os anjos caídos não pessoalmente cruzararam com as filhas dos homens, mas usaram seu intelecto divino para se aprofundarem nos segredos da Criação de YHWH e os manipularam para seus  próprios propósitos. E a chave para criar ou recriar o homem, como nós sabemoss (re) , foi descoberta no século XX, é o DNA do genoma humano

 OBJETIVOS FINAIS DO HIBRIDISMO ALIEN(Vigilantes)

1-As espécies híbridas – crianças híbridas

A produção de uma espécie híbrida parece ser um meio para atingir o ob­jetivo dos alienígenas de satanás. Até agora os pesquisadores foram incapazes de des­cobrir qualquer outro propósito para o fenômeno dos óvnis e de abdução e para o programa de cruzamentos. Por que os Vigilantes estão produzin­do híbridos? Isso há muito tempo tem sido um dos mistérios fundamentais das pesquisas sobre óvnis e abdução. Até agora tínhamos poucas informa­ções sobre as quais pudéssemos fundar uma teoria.
Quando os fetos são removidos das abduzidas, são mantidos em tanques cheios de nutrientes líquidos. As abduzidas têm relatado a existência de salas, algumas pequenas, outras quase cavernosas, contendo centenas, e às vezes milhares, de tanques com fetos em gestação – seus grandes olhos negros abertos dominando seus pequenos corpos.
Quando os “recém-nascidos” são removidos dos tanques, geralmente são impassíveis, especialmente os híbridos de primeiro estágio. Parecem, com­parados aos humanos, parados e talvez “doentios”. Não choram, não pe­gam com as mãos e seus corpos não têm as mesmas tensões musculares dos bebês humanos. As abduzidas muitas vezes comentam que esses bebês pa­recem sábios ou “maduros” para sua idade; algumas abduzidas têm dito que os bebês se comunicam com os olhos, como se estivessem absorvendo in­formações da abduzida através de um contato neural. Se isso é verdade, não se tem certeza, mas muitas abduzidas têm dito que os bebês, até mesmo numa idade inferior a dois anos, têm capacidades mentais fora do comum. 
 Seus olhos, tenho a mesma sensação que tenho daquele ser alto, quando estou na mesa de operações. Assim, tento evitar olhar nos seus olhos, porque isso me dá um certo desconforto. É quase como se os olhos pudessem me controlar e a gente não quer olhar para esses olhos por muito tempo.(Disse ela)

2- Produzir corpos para encarnação

O  fato mais importante sobre esses seres é que nenhum deles podem reproduzir. Mas querem recuperar seus corpos ou fabricá-los, tornando-os mais fortes de maneira que possam suportar o espírito demoníaco.
3-Os vigilantes querem ser como antes , quando fizeram esta alteração genética nefilímica que  foram o resultado de manipulação genética desta espécie superior, penso eu, que tentaram fazer o papel de Deus e misturaram e reproduzindo assim os nefilins ou sei lá o quê. 
 Essa explicação sugere que os anjos caídis tentaram um programa de reprodução na Terra e que eles têm períodos de tentativas e erros,  nefilins eram produto de tentativas anteriores de hibridização com humanos, mas o programa era defeituoso e e os seres gerados ,mortais… então, os alienígenas  começaram um novo programa de hibridização humana com técnicas diferentes, que têm levado mais tempo, mas têm sido mais frutífe­ras na busca de um corpo perfeito e eterno. Qualquer que seja o caso, os seres humanos têm sido  apropriados para eles. Nós podemos reproduzir e eles podem reproduzir por nosso in­termédio.

  

CRIANDO O HOMO NEFILIM
Em 1992,  uma mulher que aparentemente tinha tido relações sexuais com um híbrido de aparência humana. Durante uma conversa, “Emily” e o híbrido haviam discutido sobre seus pais.Ela  disse: “Ele é um híbrido. Sua mãe era como eu e seu pai era como ele. Então, ele… é um degrau mais perto.” Fiquei intrigado com o que ela disse. Se verdadeiras, as implicações das suas informações eram extraordinárias.
À medida que eu pensavo nas declarações de Emily, comecei a adicio­nar outras informações no mesmo contexto. Durante anos, os abduzidos têm relatado uma variedade de tipos híbridos. Alguns híbridos se parecem muito com alienígenas. Outros parecem uma combinação de seres huma­nos e alienígenas, e outros parecem extremamente humanos. Embora o processo exato de hibridização não seja conhecido, é possível, agora, for­ mular uma teoria que explica os tipos desbaratados de híbridos e suas ativi­dades.
A hibridização parece progredir em estágios. Pelos relatos de abdução, é claro que ela começa in vitro com a reunião dos espermas, de óvulos hu­manos e material genético alienígena. O resultado desta reunião, que é “de­senvolvido” parcialmente numa mulher hospedeira e parcialmente num dispositivo de gestação, é um ser híbrido que é um cruzamento entre alienígenas e humanos (híbrido1 ). Muitos desses híbridos parecem quase alienígenas.
O próximo estágio (talvez o segundo) no processo de hibridização ocorre quando os alienígenas juntam um óvulo humano e esperma e assimilam material do híbrido do primeiro estágio (híbrido 1) no zigoto. Isto tam­bém começa como um procedimento in vitro e, então, requer tanto uma hospedeira humana quanto um dispositivo de gestação para o feto poder “nascer”. A descendência resultante é um cruzamento entre o híbrido 1 e o humano. Estes seres (híbridos 2), ainda se parecem muito com os alienígenas. Eles têm a cabeça com a forma estranha, o queixo pontudo, altos zigomas, e uma pequena quantidade de branco nos olhos; seu cabelo é ainda muito ralo, mas em maior quantidade; seus corpos são magros mas largos. Não há nenhuma prova de que o híbrido 2 possa reproduzir. Quando maduros, esses híbridos de primeiro estágio muitas vezes ajudam os alienígenas com os procedimentos de abdução e são uma parte integral da mão-de-obra alienígena. Os abduzidos os vêem cuidando dos bebês e das crianças híbri­das, e executando outras tarefas importantes.
O próximo (talvez terceiro) estágio de hibridização envolve tomar um óvulo humano e esperma, e adicionar material genético do híbrido. Como os estágios anteriores, o processo de hibridização em estágio intermediário começa in vitro, continua no útero e também depois num dispositivo de gestação. Os híbridos resultantes (híbridos 3) parecem-se muito com os hu­manos. Se vestidos de maneira adequada e usando óculos escuros, eles po­deriam “passar” por humanos, embora tenham uma aparência peculiar. Os abduzidos dizem que os híbridos 3 podem ter muito escuro nas suas pupi­las e não ter pálpebras ou dlios. Como os híbridos dos estágios anteriores, esses híbridos ajudam os alienígenas, e alguns são responsáveis por traba­lhos mais complexos – realizando até abduções completas sem a supervi­são dos demônios.
A hibridização atinge um ponto crítico na geração de estágio mais avan­çado, “possivelmente” o quarto ou quinto. Mais uma vez, os alienígenas usam o processo de hibridização comum, combinando o óvulo humano e o esperma com material genético de um híbrido 3. Os híbridos resultantes de estágio avançado estão tão próximos dos humanos que poderiam facilmente “passar” por humanos sem serem notados(Dai a provável origem repitiliana).
A maioria dos híbridos de estágio avançado têm olhos de aparência normal (talvez apenas com a pupila um pouco dilatada). A cor da sua pele parece com a da pele humana, mas às vezes é um pouco mais clara. Muitas vezes, eles têm cabelo tipo escovinha, mas alguns têm cabelos com­pridos e até encaracolados. Alguns não têm sobrancelhas ou cílios, e a maioria não têm cabelo no corpo ou no púbis. Seu tórax às vezes é ma­gro, às vezes musculoso, mas nunca obeso. Muitas vezes são louros com olhos azuis, embora os abduzidos tenham notado uma variedade de cores de cabelo e dos olhos. As fêmeas têm características sexuais dos humanos e cabelo mais longo. A maioria dos machos têm genitais normais, mas os pênis poderiam ser considerados muito finos. Os machos não são circun­cidados. Esses híbridos de estágio avançado são chamados de “nórdicos” pelos abduzidos.
Os híbridos de estágio avançado possuem a extraordinária habilidade mental dos alienígenas. Eles podem realizar procedimentos de encarar, var­redura mental, visualização, projeção de imagens e assim por diante. Têm domínio quase completo sobre os abduzidos, que relatam ter um pouco mais de controle físico e mental durante a atividade de abdução pelos híbridos – não o bastante entretanto para resistir efetivamente às abduções.Provavelmente o anticristo seja um híbrido, com enormes poderes que seduziram o mundo inteiro.
Os Corpos de  híbridos de estágio avançado têm um atributo singularmente importante: podem reproduzir com humanos. Podem ter relações com os humanos de maneira “normal”, superando a fase de coleta de óvulos e es­perma das abduções. A descendência híbrida resultante é levemente dife­rente dos Seres humanos “normais”.
Embora se desconheça exatamente o número de estágios de desenvol­vimento de híbridos, as provas apontam inexoravelmente para o desenvol­vimento de um híbrido progressivamente parecido com o ser humano e com o comportamento humano, e a habilidade alienígena de manipular os seres humanos. Se os híbridos machos de estágio avançado podem repro­duzir com as híbridas fêmeas de estágio avançado não se sabe. Os abduzidos têm relatado que as fêmeas híbridas de alto estágio têm tido dificuldade em levar uma gravidez a termo.
Uma vez que os híbridos nascem, os  vigilantes os usam em um tipo específico de serviço. Por exemplo, foi dito a Kathleen Morrison que alguns híbridos são para adquirir conhecimento, alguns são para “assis­tir” e alguns para ambas as tarefas. Ela também compreendeu que os “modelos” híbridos de geração avançada são mais “poderosos” do que os pri­meiros. Claramente, nem todos os híbridos são iguais em comportamento e capacidade.
 —————————————————————————————

 Segundo a mitologia, os gregos antigos aceitaram a crença em heróis e Semi-deuses. E de fato, eram muitas vezes pessoas históricas adoradas como deuses, como Hércules, Onde um indivíduo teria cruzado a linha entre humanidade e divindade. Os gregos denotam essa deificação de um herói mortal ou lendário com a palavra Apoteose. Apotheoun (“a deificar”), que foi construído a partir de apo-(“formado a partir de, relacionadas com”) e theos (“Deus”).

Dentro desse quadro da Apoteose está o conceito de morrer e ressuscitar Deus, Manifestando-se em diferentes formas ao longo de eras incontáveis ​​de acordo com as culturas em questão: Anúbis e Osíris para egípcios, Hércules e Zeus para gregos, Ishtar para assírios, preto velho para os caboclos,  e Mapinguari para indígenas e assim por diante. Como um sonho perpetuamente espiritual incorporado em nosso reconhecimento inconsciente. Vemos isso mais evidente na trindade resurrectional cíclica da Divindade babilônica Nimrod, Semiramis e Tamuz promovida  no Egito, Pérsia, Grécia, Roma e em todo o mundo antigo. O inconsciente coletivo projetou estes  símbolos arquetípicos, personificados e modou sobre a mortalidade da humanidade, a transcendência da morte e o retorno dos ”deuses” como um espírito eterno infinito. A segunda vinda do homem divino.



Vemos essa projeção mais proeminente na Expectativa deste evento das três religiões monoteístas do Cristianismo, Islamismo e Budismo para o retorno do Messias  Isto também é visto em um nível paralelo dentro da religião de Nova Era e da Maçonaria para a chegada do Cristo maçônico, O cumprimento profetiza um composto de todas as mitologias messiânicas de cada religião importante na Terra.

Mas em um nenhum lugar especial essa projeção psicológica é mais pronunciada do que em Hollywood. Digitalmente masterizados para as grandes telas  com  narrativas enganosas e  subtextuais da realização final do casamento transcendente do ser humano com o  divino.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Sinais do fim: Rússia exibe ao mundo o Satan 2, seu novo míssil termonuclear

No meio de toda a recente tensão entre Estados Unidos e Rússia – com o …

4 Comentários

  1. Galera o antigo testamento da Biblia é uma copia MAL FEITA dos textos sumerios nao existem demonio e deuses eram criaturas…
    A crença foi inserida como forma de manipular as massas a contribuuirem com estes DEUSES no passado (hoje ainda funciona).
    O criador do universo o logos etc,..nao deve ser um deus sujeito a ira a colera e todas as paixoes mundanas e tomar partido logo de Israel em questoes belicosas…rss

    O BELICOSO ENLIL VIROU ELOIHIM e O Mestre da arvore d avida ENKI = SERPENTE

    Nephilins se repriduxiram com mulhers na terra LOGO NAO ERAM Espiritos

    Eis o homem feito UM DE NÓS ja c onhece o bem e o mal….Impeçamsos pois o acesso a arviore da vida (DNA) para que se nao se torne imortal…

  2. Cara eu tenho a mesma opnião que vc isso nao passa de anjos caidos !!!!

    Agora deicho uma pergunta a vc eles viraram Demonios ou ficaram presos esperando o julgamento

  3. clinton, temos que levar em conta que os demônios tem muito conhecimento trazidos da época em que estavam no céu.

  4. Aposto que sim, afinal de contas para quem fala com demonios devem saber muitas coisas mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *