Principal / Uncategorized / Como nos dias de Noé, o retorno dos Nefilins- Parte 13 : Os anjos decaídos e os heróis mitológicos(Centauros, Esfinges)

Como nos dias de Noé, o retorno dos Nefilins- Parte 13 : Os anjos decaídos e os heróis mitológicos(Centauros, Esfinges)

Veja também

Macron avisa que anunciará seu próprio plano de paz se Trump demorar

Emmanuel Macron e Donald Trump. (Foto: Getty Images) Se o presidente dos EUA, Donald Trump, …

4 Comentários

  1. Não concordo com nada dito neste blog.
    – Pontos:

    1º – Anjos não possuem sexo, são assexuados, logo jamais uniriam-se à mulheres.

    2º – O Dilúvio veio por causa da violência generalizada a nível global no mundo. Não havia um poder central que pudesse punir, prender infratores ou coibir crimes. Cada qual hagia conforme sua consciência.

    3º – "Filhos de Deus" e "Filhos dos Homens" nesta parte de Gênesis contextualiza claramente uma distinção da humanidade em duas linhagens adâmicas: Os filhos de Cain são cainitas – sociedade corrupta, e os filhos de Set e seus irmãos e irmãs – os setistas – linhagem santificada que invocada a Deus.
    Logo os cainitas são "Filhos dos Homens" e os setistas são "Filhos de Deus".
    Um curioso fato é que no final da genealogia de Cain, uma de suas tetranetas é chamada de Naamá, cuja tradução hebraica é muito bela, formosa. Logo as mulheres cainitas possuiriam uma beleza física talvez mais atraente. Houve um momento que as duas linhagens sempre se separavam, mas na época de Enoc, já estava exposto um evento: os setistas tomaram mulheres cainitas, por acharem formosas e belas – esta união é julgo desigual: santidade misturando com pecadores natos. Lógico que os filhos desta união jamais seguiriam preceitos de santidade e devoção. A questão de terem sido gigantes é uma mera questão genética: alelos homozigóticos. Gerações que cruzaram-se com antepassados comuns, são fatídicos manifestarem fenótipos escondidos em heterozigoze.

    4º – O mundo estava povoado pelos humanos, a corrupção generalizada espalhada por todos os cantos, aliado ao fato que havia um único continente (Pangéia). O pecado do homem amaldiçoa a Terra, por isso o dilúvio puniria o mundo inteiro, destruindo todos os acampamentos humanos pela Terra. E o peso das águas e abismos – racharam o continente único (Teoria Hidroplacas) e geraram novos continentes e ilhas, obrigando futuramente os humanos a espalharem e os animais a adaptarem a climas e habitat.

    5º – Questão de seres híbridos ou antropozoomórficos, pode ser uma situação típica de hibridismo ou fantasiosidade. Não aventuro a dissertar sobre essa questão, pois há ainda estudos buscando a veracidade. Biólogos negam possibilidade de hibridismo entre espécies de táxon de famílias e ordens distintas. Entretanto já houve a possibilidade do evento ocorrer em alguns raríssimos casos com cariótipos muitos distintos. Mas entre humanos e animais nunca foi registrado tal evento cientificamente. Não digo que seja impossível, mas não vou negar ou afirmar.
    Entretanto este fato não aconteceu antes do dilúvio, os únicos pecados registrados no período antediluviano: violência, homicídio, poligamia.
    Não havia nem idolatria, ateísmo, bruxaria, homossexualismo ou imoralidade. Naquela época o conhecimento de Deus e da história da humanidade era geral, embora muitos não obedecessem. Havia cidades (Cain fundou uma por exemplo), logo a cultura e a civilização existia desde os primórdios. Vários patriarcas viviam por centenas de anos (Set, Enos, Cain, Járed, Enoc, Matusalém e suas mulheres etc.), os homens antediluvianos uniam com mulheres.
    O dilúvio foi sim pela questão da violência global.

  2. CORRETO!Mas não é um nome espécífico,mas uma referência, um atributo em outro idioma, apenas isto…

  3. Iahweh ?

    Como que as pessoas afirmam saber o nome do Messias sendo que o livro do apocalipse diz que ninguém sabe o nome senão Ele Mesmo;
    Apocalipse cap;19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.