Principal / Uncategorized / Anonymous aproveita festividades no México para ciberataque

Anonymous aproveita festividades no México para ciberataque

(Fonte da imagem: Wikimedia Commons)
Reuters. Por Armando Tovar – Enquanto os mexicanos preparavam bandeiras, chapéus e tequila para festejar o aniversário de sua independência na quinta-feira à noite, o grupo Anonymous “entrou” na festa sabotando algumas páginas do governo na Internet.
O grupo assumiu responsabilidade por tirar do ar a página da Secretaria de Defesa Nacional (Sedena) e manipular a rede do Congresso do Estado de Nayarit, assim como um “site” do governo estatal de San Luis Potosí.
“Cada vez o país está mais assustado com a violência e a falta de segurança”, disse o grupo por meio de um vídeo no YouTube em que explica os motivos dos ciberataques.
“Vimos como o povo mexicano vive amedrontado por culpa de um governo que não quis escutar a voz de sua gente, que está farta do sangue e da violência”, acrescentou.
Mais de 42 mil pessoas foram mortas no México em episódios de violência relacionados ao narcotráfico desde o fim de 2006, quando o presidente Felipe Calderón lançou uma campanha militar frontal contra os cartéis de droga.
Por meio da tag #OpIndependencia (operação independência), o grupo coordenou por meio do Twitter o ataque com mensagens como “começa a #OpIndependencia – fogo agora! Haverá vários alvos ao longo do dia”.
Em comunicado, a Sedena afirmou que a falha no site era por “questões técnicas”, sem fazer referência ao ataque.

Comente com seu facebook

Comentário

Veja também

Vídeo mostra inacreditável cidade flutuando no céu na China

Cena de gravação amadora postada no Youtube: impossível ficar indiferente à Fata Morgana (Foto: Reprodução) …

Um comentários

  1. Por enquanto o anonymous se mostra um grupo com principios justos, protesto sem terrorismo com inteligencia e visão.
    tá apoiado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.